Etiqueta: <span>dores</span>

Problemas relacionados ao esporte? Entenda porque e como prevenir.

Esportes que dão mais problemas de dores e lesões no brasil?

Claro que é o futebol, não poderia ser diferente ne?! Mas é claro que  não só o futebol tem alto risco de lesão, qualquer esporte em que haja breques e arranques explosivos tenderá a colocar toda a estrutura músculo articular sob forte pressão. Esportes como o tênis e o basquete são outros em que a competitividade em excesso sobre um aparelho (corpo) sem muito preparo, sucumbem a lesões.

Qual o fator mais importante para se prevenir de lesões do esporte?

De longe é a ativação e flexibilidade muscular juntamente com o treino proprioceptivo das articulações, só assim o corpo terá uma vantagem sobre o ambiente, de forma a reagir com rapidez e suportando as altas tensões geradas pelos esportes. Sem isso muito provavelmente um atleta amador e principalmente um profissional pagará a conta cedo ou tarde. Meio que um contrassenso mas na verdade o corpo quanto mais se usa melhor ele fica. Isso serve inclusive para a melhor idade ou pra pessoas que sofrem de dores cronicas.

E se eu ja me lesionei, o que posso fazer sozinho?

Qualquer tipo de lesão aguda, de origem traumática ou ortopédica pode-se aplicar gelo de imediato. Tirando algumas situações como dores musculares, que reagem melhor ao calor. Porém, fora as musculares todas as outras a aplicação de gelo por 20 min a cada 2h reduz a dor, o inchaço e acelera a cicatrização da lesão de forma significativa.

Caso o problema persista por muito tempo ou a dor for demasiada intensa procure um fisioterapeuta de confiança para avaliar melhor a situação.

Veja mais no vídeo abaixo! 

Fisioterapia Ortopédica Desmistificada

Fisioterapeuta: Parâmetros da Jornada de Trabalho | Blog do Secad

Fisioterapia Ortopédica

A fisioterapia ortopédica é aquela que faz a prevenção e o tratamento de dores e disfunções que sejam de causas naturais da utilização convencional do corpo, sem que tenha como origens traumas ou doenças associadas.

Esse tipo de fisioterapia tem como principal função a identificação e correção de desordens tanto pré como pós sintomas. Nesse caso, tem-se a noção exata do padrão apresentado e assim pode-se usar a ferramenta adequada.

Como ferramentas destacam-se a terapia manual que é a osteopatia, a quiropraxia, entre outras como as principais. Elas são usadas para fazer a parte de correções de pequenos parâmetros, isto é, fazer as pequenas correções que preparam o corpo para as grandes correções. Nestas estão envolvidas atividades ortopédicas que equilibram o uso que a pessoa tem em seu corpo, seja fortalecendo, alongando ou conscientizando sobre como utilizar o corpo segundo cada demanda, seja ela de uma pessoa que tem um trabalho braçal ou intelectual.

Resumo

Falando de forma clara a ortopedia entende o corpo e consequentemente os problemas por ele apresentado como uma consequência individual ou somada de fatores como genética, ambientais (trabalho, hábitos e costumes) e psicossociais.

Tendo isso em vista, fica claro que o alivio dos sintomas de forma definitiva e duradoura depende mais do paciente do que do terapeuta, pois somente o paciente tem o poder da escolha pra fazer as mudanças necessárias, cabendo ao fisioterapeuta o papel de orientação e procedimentos.

Conclusão

Infelizmente, nos fisioterapeutas também erramos em nossa atividade, não explicando pro paciente qual é a causa do seu problema e qual o passo a passo para inverte isso de forma definitiva. Essa orientação e muito importante para o paciente aderir ao tratamento tomando pra si a responsabilidade de seguir de forma correta até a solução completa dos sintomas.

Dor no ombro, Tendinite de Supraespinhoso ou Supraespinhal: Causas e Tratamento

O que é tendinite de supraespinhoso?

Tendinite de ombro são inflamações provocadas pelo atrito do tendão distal do músculo supraespinhoso na parte inferior do acrômio, que é a parte mais superior da escápula.

Ela é responsável por 90% das dores que aparecem em consultório e tem opr característica o aumento da dor ao movimento, em especial aqueles acima da linha do ombro, como pentear cabelo, pegar objetos em lugares altos, etc, portanto esses são alguns sintomas de tendinite no ombro.

Bursites e Tendinites no Ombro — Dr. Leonardo Cavinatto - Médico ...

Cid de tendinite de ombro.

Causa da tendinite

A causa da tendinite no ombro afetar uns e outros não é justamente o posicionamento da escapula. Quando a escapula esta anteriorizada, ou protusa, ela diminui o espaço que o tendão do músculo supraespinhoso tem pra deslizar sobre o acrômio e isso predispõe as dores da tendinite no ombro.

Precauções

No dia a dia a tendência é que as pessoas fiquem sempre na posição de flexão, sejam sentadas, dirigindo, trabalhando com computadores, etc.

Todos esses exemplos citados predispõe a uma má posição da escapula que por sua vez gera maior desgaste do tendão aos movimentos.

Como corrigir os ombros rodados. / Somente 5 MINUTOS! - YouTube

Tratamento de tendinite de supraespinhoso

No caso de tendinite não existe milagre, para se livrar de vez desse tipo de dor que acomete o tendão do músculo supraespinhoso ou supraespinhal é importante a consciência corporal da cintura escapular e nem sempre a solução será só tomar remédio para tendinite, más através de exercícios posturais ativos, como RPG ou outros.

Isso serve como forma de evitar que o ombro fique sobre estresse mecânico ja descrito acima e ainda permite que as melhoras alcançadas em terapias de osteopatia e quiropraxia tenham tempo agir e de se desinflamar.

Pois caso contrario sempre que fizermos uma consulta de osteopatia e quiropraxia e a pessoa não adquirir uma consciência postural o trabalho será em vão, levando muito tempo e sem o resultado esperado, levando a desistência do acometido.

Se você sofre desse problema ou conhece alguém que sofre entre em contato que temos um tratamento correto pra você.
fred-fisioterapia-hernia-de-disco

O que é hernia de disco? Qual o tratamento para hernia de disco?

Para falarmos sobre hérnia de disco precisamos primeiramente entender o que é hérnia e o que é disco.

O disco intervertebral é uma estrutura cartilaginosa que separa e proporciona amortecimento e mobilidade para a coluna vertebral, desde a coluna cervical ate a coluna lombar, e em qualquer um desses segmentos pode-se ter hérnia, que nada mais é do que o deslocamento, herniação, do disco para fora de seu posicionamento ideal, podendo ou não ter seu núcleo macio, ou núcleo pulposo, expulso do centro do disco.

Hérnia de disco - tipos, causas, sintomas, tratamentos - Ortopedia ...

O tratamento pode ser feito de forma medicamentosa via oral ou via local, como é o caso das infiltrações ou bloqueios.

O problema é que a hernia não se forma espontaneamente, portanto, se não for solucionado o porque essa hernia se formou as medicações vão servir apenas como alivio temporário e após algum tempo a reincidência é garantida na maioria dos casos. Seria como se secassemos a agua que esta vazando mas nao fechassemos a torneira.

E é exatamente “fechar a torneira” que terapias como a osteopatia e a quiropraxia trabalham.

Nessas técnicas identificamos através de testes e sinais qual seria a origem primaria, portanto o porque dessa condição estar presente.

Sabendo disso atuamos no desbloqueio da condição através de manobras ósseas, musculares, ligamentares, etc. até conseguirmos desmontar todo o padrão patológico existente e com isso eliminar os sintomas de forma definitiva sem a necessidade de cirurgias.

O tratamento varia caso a caso mas, normalmente, não leva mais do que dois meses de intervenções, sendo de fato um tratamento com taxa de sucesso acima dos 90%.

Caso tenham alguma duvida entre em contato pelos comentários ou pelos telefones (16) 99167-9057 e (16) 99117-3434.

Fred Soares.

Osteopatia, Quiropraxia e Acupuntura em Franca SP

Desde que comecei a trabalhar com osteopatia e quiropraxia ou acupuntura tenho tido, sem demagogia ou falsa modéstia, uma taxa de sucesso acima de 80% em se tratando de dores de coluna lombar, torácica e cervical (90% dos casos) e membros que são afetados tanto por dores irradiadas dos problemas axiais quanto por problemas pontuais em articulações.

Claro, que na maioria das vezes preciso de ao menos 3 consultas para uma melhora relatada de ao menos 80%. Apos a alta consequentemente encaminho o paciente para exercícios de fortalecimento e alongamentos que atuarão como manutenção da melhora a longo prazo, com algumas consultas de manutenção, na maioria das vezes uma vez ao mês.

Percebo contudo que o mais difícil no processo terapêutico é a entrega do paciente à terapia, tanto no sentido de assiduidade das consultas quanto no sentido de entender que o tratamento ira mudar seu padrão corporal e isso de inicio pode gerar alguns desconfortos até que a mudança seja de fato definitiva.

E essas fase de adaptação provavelmente exigira deste paciente mudanças de sua rotina, como a quebra de alguns paradigmas ou mudanças de padrões cotidianos.

Sendo assim entendo que a busca pela terapêutica e assim sendo pela melhora de algo que incomoda, deve começar no plano energético, isto é, na vontade.

Se preparar para mudanças e para enfrentar uma fase de transformações exige planejamento e atitude, algo que é pre requisito para qualquer coisa que realmente faz sentido na vida.

Portanto se você deseja mudanças na sua saúde e no alivio de dores se prepare e faça, pois todo o universo conspirará para que se torne real!!

Cervicobraquialgia, o que é? Como ocorre? Como tratar? Osteopatia, Quiropraxia, Acupuntura em Franca SP

Ultimamente venho recebido em consultório diversos casos de dores que se iniciam na região cervical (pescoço) e que “andam” para o braço. As causas para essa condição pode ser tão vasta quanto a própria vida, pois cada pessoa possui sua identidade postural, e isso por si só diferencia as causas das dores do João e da Maria, mesmo que os sintomas sejam exatamente os mesmo. Protusões ou hérnias discais, espondiloartroses (artrose na coluna cervical) são as consequências de um processo de posturas inadequadas a longo prazo. E esses fatores causam uma compressão da raiz nervosa que sai da coluna. Que por sua vez gera dor por toda a extensão do nervo que percorre o corpo, oriundo dessa raiz. Dai a explicação do porque a dor “anda”.

imagem : https://www.hong.com.br/cervicobraquialgia-o-que-e-causas-e-sintomas/

Os sintomas podem ser 3, agindo de forma isolada ou em conjunto.

1- Dor: local ou irradiada

2- Parestesia: dormência, pode também ser local ou irradiada.

3- Paresia: dificuldade de movimentação de algum segmento ou falta de força no mesmo.

Tudo isso resulta em uma perda progressiva da qualidade de vida da pessoa, primeiro como um incômodo mas depois passa a restringir as atividades de vida diária (AVDs) que incluem dirigir, lavar louça, tomar banho, entre outras.

O tratamento correto é interromper o processo causador da compressão, isso é retirar de sobre a raiz nervosa qualquer estrutura que a esteja comprimindo e assim os sintomas somem naturalmente justamente por ter-se retirado o fator causador.

O tratamento medicamentoso é importante principalmente no inicio dos sintomas a fim de controlar a inflamação resultante desse tipo de agressão. E a cirurgia deve ser vista com muita cautela visto que a região é extremamente sensível e vital, e qualquer erro causa tetraplegia ou morte.

Tudo o que vem entre o medicamento e a cirurgia é de competência do fisioterapeuta, e esse deve ser de fato competente para que o tratamento não seja focado apenas em sintomas mas sim no processo causador, como foi explicado acima.

Normalmente em casos graves demoro de 1 a 2 meses para obter melhoras significativas ou curas desse tipo de problema e em seguida os encaminho para manutenção em algum tipo de atividade física. Sendo assim o uso de drogas fica restrito apenas ao necessário e a cirurgia é descartada.

Enfatizo que a conduta deve ser levado muito a serio no sentido de participação ativa do paciente em todos os retornos e nas orientações a fim de que o tempo de tratamento seja reduzido, evitando recidivas…

aos que gostarem do post e quiserem mais informações entre em contato pelo tel: (16) 99167-9057 ou (16) 99117-3434.

Grande abraço a todos e desculpem os erros de português, ma o objetivo é ser conciso e prático. rsrs…

3° Pilar da quiropraxia – Saúde Espiritual

Ola a todos, gostaria de apresentar a vocês o terceiro e ultimo pilar da quiropraxia, que juntamente com a saúde física e emocional, a saúde espiritual esta associada a bloqueios tratados na quiropraxia, osteopatia e acupuntura. Todo bloqueio na mente ou no corpo etéreo gera somatizações, ja descritas aqui como a forma física do problema que inicia no plano energético.

A nossa vida é repleta de sonhos, ambições, realizações e frustrações. Todas essas emoções são oriundas de uma mesma insatisfação constante que tentamos preencher com bens, compras e pessoas. Essa insatisfação é inquietante e não se sacia por muito tempo, fazendo com que entremos em um ciclo vicioso de compulsão e tristeza, nunca completamente suprida por muito tempo.

A humanidade moderna perdeu um pouco do contato com as forças formadoras, com as forças que nos movem enquanto seres pensantes, forças que nos elevam a qualidade de responsaveis pelo nosso livre arbitrio, portanto, conscientes das nossas escolhas. É muito mais facil me sedar em frente a uma televisão ou da internet e deixar as coisas escondidas debaixo do tapete, a base de antidepressivos e outros venenos que nos anuvia a visão, mesmo sabendo que a montanha formada um dia nos engolirá.

É necessário encontrarmos um equilíbrio entre as forças que nos regem, e para isso o silencio e a interiorização são importantes. Meditação e Yoga são apenas algumas das tecnicas milenares propostas para entrarmos em conexão com o nosso intimo adormecido e despertar a verdade absoluta que esta em nosso inconsciente e que pode ser resgatada quando a mente dissipa as nuvens e os barulhos da superficialidade. A caridade também nos faz enxergar o mundo pelos olhos de outras pessoas e tirar a atenção do nosso ego exigente insaciável.

O trabalho de ajudar extrai aquilo que é importante em nos, pois é com isso que iremos trabalhar na orientação do outro, e esse processo nos faz refletir sobre quem realmente somos além do que mostramos e gostaríamos de mostrar na sociedade.

Espondilolistese: o que é e quais são as suas causas?

Ola pessoal, hoje um novo assunto bem comum entre as causas de dores na coluna lombar principalmente. É a espondilolistese.

O nome vem do grego Espôndilo (vértebra) listese (escorregamento), portanto se trata de um deslizamento, escorregamento de uma vértebra sobre outra. Isso pode gerar muito incômodo e dores localizadas ou irradiadas, dependendo de onde ocorre a listese. Sendo este mais comumente localizado na coluna lombar. Entre outros fatores que contribuem para o maior acometimento da coluna lombar, o fato de ocorrer nesse segmento a curvatura lordótica, que naturalmente projeta o corpo vertebral anteriormente.

A espondilolistese pode ser classificada em até 5 graus, dependendo da intensidade do escorregamento, sendo que a primeira indica apenas uma leve anteriorização de um corpo vertebral sobre outro e a ultima uma ptose, isto é, uma luxação de uma vértebra sobre a outra, o que poderia acarretar inclusive a paraplegia.

Veja alguns tipos de causa da espondilolistese :

  • Degenerativa: geralmente causada por alterações na coluna pelo processo de envelhecimento. E pode ser mais comum em mulheres, normalmente atingindo a região lombar;
  • Ístmica: formada por defeito vertebral ou má formação. Pode aparecer mais em crianças e adolescentes;
  • Traumática: gerada por quedas e acidentes que resultam em fraturas ou traumas na região, levando ao deslizamento das vértebras;
  • Displásica: costuma ocorrer na região lombar, entre as vértebras L5 e S1. Pode ser mais comum em adolescentes e acontece quando os ossos não suportam a força exercida e deslizam;
  • Patológica: mais rara, é resultado de uma doença óssea ou tumor na região.

As mais comuns são as ístmicas e as degenerativas, sendo que essas últimas as que mais aparecem no consultório.

No tratamento deve ser considerado que até o grau 2 de escorregamento o prognóstico é muito bom, sendo que os sintomas de paresia e parestesia ainda se apresentam em grau leve e a dor pode ser eliminada após algumas sessões de osteopatia associada ao RPG.

Fortalecimento da região

O fortalecimento da região do CORE aumenta a resistência às oscilações vertebrais o que ajuda a “firmar” a vértebra em uma posição de maior estabilidade, mais difícil de se movimentar mediante solicitações ambientais.

Tratamento Cirúrgico

O tratamento cirúrgico deve ser solicitado quando os sintomas não cessam ou quando o grau de escorregamento é superior à 4. Nesse caso faz-se uma fixação das vértebras conhecido como artrodese e a mobilidade é reduzida drasticamente, comprometendo a qualidade de vida do paciente. Portanto, é necessário que aja consciência antes de encarar uma cirurgia desse porte e a fisioterapia tem o papel fundamental de prorrogar o quanto puder essa opção de risco.

Bom espero ter ajudado em algum esclarecimento e qualquer dúvida comentem!!

Abraço…

Melhor material para sua poltrona

Os melhores materiais para sua poltrona

Conheça os principais gêneros de tecidos usados para esse tipo de revestimento.

Seja na sala de estar, no quarto, escritório ou até mesmo na varanda, ter uma boa poltrona traz um conforto extra para o espaço onde ela está localizada, isso sem falar da sofisticação, a depender do modelo e do material.

Quem pretende adquirir um móvel desse tipo ou ainda mudar o forro da poltrona, no entanto, precisa conhecer melhor os principais tecidos e materiais usados, a exemplo do revestimento de couro natural ou sintético, suede e sarja.

Vale lembrar que o tipo de ambiente — sala de estar, escritório ou varanda —, qual o uso e a disponibilidade financeira são os principais fatores para escolher os materiais e tecidos da sua poltrona.

A poltrona ideal para cada ambiente

Quando se ouve a palavra poltrona, provavelmente, as primeiras imagens que vêm à nossa mente são daqueles modelos reclináveis, conhecidos como “cadeira do papai”, ou o clássico de couro com acabamento em capitonê, muito presente nas casas de nossos avós.

Esse tipo de móvel é super usado nas salas de estar ou de visitas, sendo uma cadeira mais confortável e com apenas um assento. Porém, não é apenas nesses ambientes que as poltronas podem estar dentro de uma casa.

No quarto do bebê é muito comum a presença de poltronas usadas durante a amamentação, por exemplo. Em escritórios, um belo modelo serve para dar mais conforto na hora da leitura. Na varanda, um conjunto delas oferece um conforto extra para ver o pôr do sol ou apreciar o amanhecer.

Seja onde for, as poltronas são móveis que já não se restringem ao espaço da sala, por isso mesmo, precisam de cuidados para manter sua beleza e conforto. Por essa razão, considere onde elas vão ficar, se receberão luminosidade ao longo do dia, o quanto serão usadas para avaliar o melhor material da sua poltrona.

Analisando esses aspectos fica muito mais fácil escolher o material mais adequado para forrar a sua poltrona ou mesmo na hora de comprar uma nova.

Tipos de material e tecido para poltronas

Couro

Um dos tecidos mais antigos da história da humanidade, o couro animal é ainda muito usado como revestimento de sofás e poltronas. O maior benefício é sua durabilidade ilimitada (desde que seja devidamente cuidado), mas o preço é bem salgado.

Couro sintético

Como o próprio nome já diz, o couro sintético é um material artificial que reproduz a aparência e o toque do couro de verdade. Esse material é bem mais barato, porém, com uma qualidade bem inferior ao original. O ideal é saber se a marca é de qualidade antes de comprar para sua poltrona.

Chenille

Um tecido de um excelente custo-benefício é o chenille. Por ser resistente e macio ao mesmo tempo, ele é muito usado em ambientes de uso contínuo como sala de estar. Mas não é muito indicado para quem tem animais peludos e é alérgico, pois o material tende a acumular mais sujeira que os demais.

Lona

Se você quer economia, a lona pode ser uma excelente alternativa exatamente por ser bem mais barata. Ela é um material bem resistente e pode ser usada em ambientes externos, além de ser impermeável e oferecer praticidade na hora da limpeza.

Jacquard

Sinônimo de luxo, o jacquard é uma opção para quem está disposto a investir um bom dinheiro para ter a poltrona dos sonhos. Ele é super resistente e fácil de limpar, além de não acumular muita poeira. Ponto para os alérgicos de plantão.

Sarja

Quem tem crianças e animais domésticos ficará encantado com os benefícios da sarja. Esse gênero de tecido, além de maleável, é resistente e não absorve tanto a sujeira. Isso sem falar que a sarja traz uma sensação extra de conforto e elegância para qualquer ambiente.

Suede

Outro material que é sinônimo de excelente custo-benefício é o suede, uma camurça sintética super confortável e de fácil manejo para limpar. No entanto, é um tecido que precisa ser impermeabilizado, já que o contato com líquidos pode acabar causando manchas definitivas.

O que é Quiropraxia?

Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), a Quiropraxia é uma profissão da saúde que lida com o diagnostico, tratamento e a prevenção das desordens do sistema neuro-músculo-esquelético e dos efeitos destas desordens na saúde em geral. Há uma ênfase em técnicas manuais, incluindo o ajuste e/ou a manipulação articular, com um enfoque particular nas subluxações.

Veja essa matéria sobre Quiropraxia : 

Essa matéria mostra quais são as indicações, sinais e sintomas que a quiropraxia pode ajudar a resolver. Casos como dores de coluna, dores na região cervical, torácica, lombar, ciático, entre outras são as principais indicações para essa técnica da fisioterapia.

Os conceitos da Quiropraxia

Os conceitos e os princípios que distinguem e diferenciam a filosofia da Quiropraxia de outras técnicas da fisioterapia são de grande importância para os quiro praxistas e influenciam profundamente a atitude e a abordagem destes em relação à atenção à saúde.

A relação da Quiropraxia

A relação entre a estrutura, particularmente a coluna vertebral e a função do sistema músculo-esquelético especialmente coordenadas pelo sistema nervoso, constitui a essência da Quiropraxia e o seu enfoque para a restauração e preservação da saúde.

Prática da Quiropraxia

O exercício da Quiropraxia enfatiza o tratamento conservador do sistema neuro-músculo-esquelético, sem o uso de medicamentos e procedimentos cirúrgicos. Causas e conseqüências biopsicossociais também são fatores significativos na abordagem do paciente.

Quais suplementos usar para potencializar a fisioterapia

Quais suplementos usar para potencializar a fisioterapia?

Os suplementos têm um enorme potencial para ajudar na reabilitação do paciente. A própria Sociedade Americana de Fisioterapia …

ESPECIALISTA EM OSTEOPATIA, QUIROPRAXIA E ACUPUNTURA

Como a fisioterapia pode ajudar quem trabalha home office

Você já parou para pensar como a fisioterapia pode ajudar quem trabalhar home office? A pandemia de coronavírus fez com …

Mulher aplicando spray na perna.

Como prevenir as lesões na musculação e no esporte?

o prevenir as lesões na musculação e no esporte? Descrição: Os baques e eventuais lesões são frequentes em nossa vivência. …