Plexo Braquial e Sintomas de Compressão

O plexo braquial é um agrupamento de nervos, com cerca de 15 centímetros de comprimento, que se origina da medula espinhal na região do pescoço, passa debaixo da clavícula e alcança a axila, onde origina cinco nervos que vão controlar os movimentos e a sensibilidade do ombro, braço, antebraço e mão.

As lesões do plexo braquial afetam as funções motoras (movimento) e funções sensitivas (sensibilidade) dos membros superiores podendo ocorrer uma paralisia, dor ou dormência parcial ou completa dos membros superiores (dependendo da gravidade e da extensão da lesão). Com frequência há dor intensa, constante podendo ser em compressão ou em queimação (sensibilização) desse conjunto neural (foto).

O diagnóstico é realizado através do exame clínico, por ressonância magnética e os estudos eletrofisiológicos (conduções nervosas e eletromiografia).

Problemas do plexo braquial devem ser acompanhadas clinicamente a fim de indicar ou não procedimentos cirúrgicos o mais precocemente possível. Para esse tratamento é fundamental realizar reabilitação com fisioterapia, sendo a osteopatia e a quiropraxia técnicas fundamentais para a completa remissão dos sintomas.

5 sintomas de Lombalgia: fique por dentro

Segundo a própria Organização Mundial da Saúde, a OMS, a lombalgia é uma dor que afeta cerca de 80% da população mundial, …

Lombalgia: saiba suas principais causas

É comum ouvir de pessoas ou até mesmo sentir dores nas costas de vez em quando, mas vale mencionar que existe um quadro …

Incontinência urinária: 3 exercícios para diminuir esse problema

É conhecida a afirmação de que quando estamos com saúde não percebemos, nem paramos para pensar nesses assuntos. Porém, …