Blog

Leia nossos artigos. Melhore o seu estilo de vida agora!

little kids in the kindergarten BorBooCIg 1

Formas de ajudar os seus filhos a desenvolver a auto-estima e a confiança

A auto-estima e a confiança são características importantes nos indivíduos que afetam o seu sucesso. Embora estes sejam um processo para toda a vida, a base do mesmo precisa de ser estabelecida na primeira infância. A construção da auto-estima permitirá à criança lidar com situações difíceis que ela encontrará durante a sua vida. Uma vez que os pais têm a maior influência na crença de uma criança, é importante que eles deixem a criança saber onde ela pertence, o quão bem ela está fazendo e contribuir para o desenvolvimento da confiança e auto-estima.

Saiba mais

0osteopatia 7 003

Saiba a diferença entre Osteopatia e Quiropraxia

Ola pessoal, sejam bem vindo ao meu site!

O objetivo deste é informar sobre as principais dúvidas que aparecem em consultório e ajudar a esclarecer e facilitar a escolha de terapias ou exercícios para cada caso específico.

Hoje o tema é: diferenças entre Osteopatia e quiropraxia!

Para começo de conversa, ambas as técnicas tem muito mais coisas parecidas do que distintas.
São técnicas destinadas a correções de microlesões ou desajustes, como é usualmente chamado, que apesar de serem micro causam grandes problemas no funcionamento biomecânico do corpo, o que inevitavelmente leva a dores e perda da qualidade de vida.

Tais ajustes podem ser realizados em articulações, músculos, órgãos e vísceras, nervos e até mesmo artérias, sendo para tanto utilizado em inumero arsenal de manobras, como manipulações (os famosos estalos), mobilizações (não produzem estalos), alongamentos, liberações fasciais e até mesmo choques verbais.

O que podemos salientar que existe na osteopatia e também na quiropraxia é a forma com que é entendido o processo de lesão primária.

Entende-se que a lesão primária não esta onde a dor aparece. Como em um escritório que não funciona bem, quem se queixa não é o que esta sem trabalhar, e sim o que trabalha dobrado para compensar a perda de uma função. Portanto, para isso, devemos trabalhar em zonas de ipomobilidade, ou seja, aquela que esta sem movimento.

Para a Quiropraxia o sistema nervoso é a fonte de toda a vida do organismo, sendo assim, com o sistema nervoso correto a saúde estará presente, sendo o contrário também verdadeiro.

Ja na Osteopatia entende-se que a estrutura governa a função, sendo assim o tecido em sofrimento é o grande causador de dores, especialmente em função da disfunção do aporte sanguíneo.

Para a osteopatia o corpo possui uma característica inata de auto cura, sendo assim, quando este possui suas estruturas em ordem todo o organismo se reorganiza espontaneamente.

Cada técnica tem sua utilidade em sua devida hora, cabe ao terapeuta entender quando é hora de utilizar uma ou outra!!

Espero ter esclarecido alguma dúvida e comentem que será um prazer responder !!

Grande abraço a todos. Obrigado!!!

Frederico

Imagen Fred

Problemas relacionados ao esporte? Entenda porque e como prevenir.

Esportes que dão mais problemas de dores e lesões no brasil?

Claro que é o futebol, não poderia ser diferente ne?! Mas é claro que  não só o futebol tem alto risco de lesão, qualquer esporte em que haja breques e arranques explosivos tenderá a colocar toda a estrutura músculo articular sob forte pressão. Esportes como o tênis e o basquete são outros em que a competitividade em excesso sobre um aparelho (corpo) sem muito preparo, sucumbem a lesões.

Qual o fator mais importante para se prevenir de lesões do esporte?

De longe é a ativação e flexibilidade muscular juntamente com o treino proprioceptivo das articulações, só assim o corpo terá uma vantagem sobre o ambiente, de forma a reagir com rapidez e suportando as altas tensões geradas pelos esportes. Sem isso muito provavelmente um atleta amador e principalmente um profissional pagará a conta cedo ou tarde. Meio que um contrassenso mas na verdade o corpo quanto mais se usa melhor ele fica. Isso serve inclusive para a melhor idade ou pra pessoas que sofrem de dores cronicas.

E se eu ja me lesionei, o que posso fazer sozinho?

Qualquer tipo de lesão aguda, de origem traumática ou ortopédica pode-se aplicar gelo de imediato. Tirando algumas situações como dores musculares, que reagem melhor ao calor. Porém, fora as musculares todas as outras a aplicação de gelo por 20 min a cada 2h reduz a dor, o inchaço e acelera a cicatrização da lesão de forma significativa.

Caso o problema persista por muito tempo ou a dor for demasiada intensa procure um fisioterapeuta de confiança para avaliar melhor a situação.

Veja mais no vídeo abaixo! 

Gustavo Nardi Packshot 3D Gelol

Gelol, para que serve? Quando usar?

gelol pomada

Olá pessoal!

Venho através deste trazer semanalmente informações sobre a área da saúde e bem-estar para vocês.

Em Franca tanto na área da Fisioterapia, quanto na osteopatia, quiropraxia e acupuntura tenho muitos pacientes e potenciais pacientes, e entendam isso como “atletas” de final de semana, que me queixam a respeito do uso de adesivos e sprays a base, quase sempre de cânfora para lesões e dores.

Quando usar? Para que serve? qual o melhor momento?então decidi falra sobre isso essa semana.

Bom, para entender melhor a indicação é necessário entender primeiro, o que é, certo?

Composição

Então, esse tipo de composto que associa normalmente mentol, salicilato de metila e cânfora tem o objetivo de gerar vasodilatação no local. Isso quer dizer que os vasos sanguíneos que chegam ao local a ser aplicado vão aumentar de calibre e com isso facilitar a chegada de sangue no local, ponto.

O aumento do aporte de sangue local traz consigo oxigênio e nutrientes, ao mesmo tempo, levar embora as toxinas provenientes da lesão, acelerando o processo de cicatrização.

Prós e Contras

Porém, como nem tudo são flores, o que não é noticiado na propaganda da TV é que em lesões articulares agudas, isto é, aquela lesão que esta “aquecida” pela inflamação não responde bem ao calor. Óbvio, pois o calor, nesse caso iria aumentar a inflamação local, sendo necessário, nesse caso, o uso do gelo.

Em dores musculares em que não ocorre uma inflamação significativa ou em dores mais cronificadas, isto é, dores “antigas” com mais de 3 dias, o uso desse tipo de pomada, ou spray é sim recomendada.

Recapitulando: Lesões ou traumas, pancadas, torções, pisões, caneladas, quedas usa-se gelo no momento e sprays depois de 3 dias.

Cãimbras, contraturas, estiramento (muito comuns em pernas de pau que “furam” a bola na pelada), nesse caso o spray é com certeza uma boa opção associado by the way  com uma massagem local, ok? 

Após sessões de osteopatia e quiropraxia também podem ser uteis para aliviar pequenos espasmos que tenham permanecido.

Espero que esse artigo seja de alguma utilidade e caso queiram me procurem no facebook ou no meu blog.

Boa semana a todos!

Para saber mais assistam o vídeo : 

contabilidade

Como verificar através do site de sua Clínica de Fisioterapia se ela passa credibilidade

A internet nos abençoou com um tesouro de conhecimento, facilmente acessível com o clique de um botão. Mas, infelizmente, nem todos os sites são de empresas sérias e confiáveis.

Se você é como a maioria das pessoas, sempre que precisa encontrar um prestador de serviços como um fisioterapeuta, clínica de fisioterapia ou qualquer outro segmento se dirige até o Google e encontra a melhor empresa para lhe atender. Ou, no mínimo, procura a empresa que te indicaram para verificar se é uma empresa credível ou não.

Mas infelizmente nem todas as empresas que são exibidas são de boa qualidade e podem te prestar um bom atendimento. Especialmente neste serviço tão importante que é a fisioterapia.

É importante lembrar que só porque um autoproclamado especialista em saúde tem muitos seguidores e fãs, não significa que as informações que ele compartilha online sejam confiáveis. Na verdade, as histórias mais bizarras costumam gerar mais atenção.

Como parte de sua iniciativa Finding Common Ground, uma parceria contínua entre os principais cientistas de nutrição e jornalistas importantes que se preocupam em fundamentar seu trabalho em ciência sólida, a organização sem fins lucrativos Oldways está compartilhando conselhos sobre como avaliar a confiabilidade de uma empresa em seu site.

1. Autor

Dê uma olhada no indivíduo ou organização que administra o site. Os artigos são escritos por pessoas com credenciais ou experiência relevantes no tópico? A organização é uma voz confiável e estabelecida sobre esse assunto? Nesse caso, esses são bons sinais de que os autores do site fizeram seu dever de casa.

 

2. Manter-se atualizado

Quando foi a última vez que o site foi atualizado? Novos artigos ou tópicos são adicionados regularmente? Se o site não é atualizado há muito tempo, você pode não estar recebendo a conta mais atualizada sobre o assunto.

 

3. Além do título

Se um título parecer sensacional ou radical, leia atentamente o artigo para determinar a fonte do pronunciamento. Se a história real contradizer o título e se os pontos não forem apoiados por pesquisas científicas sólidas, é sinal de que este site pode priorizar os cliques em vez da correção.

 

4. Ciência Sólida

Falando em pesquisas científicas sólidas, verifique que tipo de evidência o site usa para apoiar sua posição. Se um artigo inclui links, eles são para artigos revisados ou para blogs desconhecidos e sites de notícias de baixo impacto? Sites confiáveis ​​são transparentes sobre suas fontes e ajudam o leitor a obter uma compreensão mais profunda do assunto, em vez de confiar em artigos de opinião ou notícias de segunda mão.

 

5. Público

Quem está envolvido com o site? Se profissionais de renome (como RDs, MDs, PhDs ou outros especialistas) estão fazendo referência ou compartilhando informações do site, isso oferece mais confiança de que é uma fonte de informações sólidas.

 

6. Faça perguntas

Se algo não parece certo, provavelmente não está. Se você não tiver certeza de como algo se soma, ou se algo postado parece bom demais para ser verdade, deixe um comentário ou envie um e-mail para o autor ou administrador do site para saber mais ou para perguntar sobre suas fontes. Seus comentários podem ajudar a fazer os outros pensarem duas vezes! Além disso, lembre-se de que alguém que vende um produto online pode ter uma opinião tendenciosa sobre a utilidade de um determinado produto (ou dieta).

Abaixo abordaremos algumas dicas adicionais para avaliar a empresa através do site dela:

 

Lista de verificação de credibilidade através de um site

Reveja esta lista e veja quais dos itens a seguir você avaliar para te ajudar a determinar o nível de credibilidade de uma marca.

  • O design da Web é importante. As pessoas julgam o livro pela capa e um site pelo design. Empresas sérias investem em bons serviços de desenvolvimento de sites profissionais. Se a imagem não transmitir confiança, desconfie;
  • Endereço e número de telefone visíveis o tempo todo. Incluindo no rodapé (obrigatório) mas, dependendo do seu site, também no cabeçalho. São itens fundamentais para saber se a empresa existe e é verídica;
  • Facilidade de contato. Você consegue contactar a empresa facilmente?
  • Site seguro: Um fator importante é o certificado SSL. Quando você acessa o site pelo Google, o que aparece no canto superior direito? Aparece a mensagem seguro ou não seguro? Isso se deve ou não ao uso de um certificado SSL. Empresas sérias se preocupam com a segurança das informações. Veja mais em certificado ssl gratuito Google.
  • Relevância e adaptação da mensagem. Um site que exibe informações relevantes para o visitante é instantaneamente mais confiável.
  • Linguagem simples. As pessoas não confiam no que não entendem. O site da clínica que está visitando é facilmente compreensível?
  • Pronúncia Correta. Gramática incorreta e grafia incorreta certamente fazem a empresa parecer menos confiável.
  • Fornece biografias e fotos da equipe. Empresas notáveis possuem equipes que transmitem credibilidade. Existe essa informação no site?
  • Informações detalhadas dos serviços. Você encontra informações detalhadas a respeito dos serviços da clínica de fisioterapia?
  • Depoimentos. A empresa possui depoimentos de clientes satisfeitos com os serviços? Vale muito mais o que as pessoas dizem sobre as empresas que as próprias empresas dizem sobre elas.
  • Artigos em publicações (online e offline). Credibilidade também é o que as pessoas leem e ouvem sobre a empresa antes de acessar o site. Se eles viram ou leram artigos em diferentes revistas ou jornais, gera mais credibilidade.
  • Classificação no Google. Se a empresa tem uma classificação elevada no Google (digamos, entre os cinco primeiros), ela deve estar lá por um motivo (o Google diz isso!).
  • Sinais de comunidade. Se você tiver um fórum movimentado, muitos comentários nas postagens do blog ou quaisquer outros sinais visíveis de uma comunidade ativa, a empresa parecerá mais confiável (ou seja, “As pessoas devem estar aqui por um motivo!”).

Estes motivos podem te ajudar a perceber se a clínica de fisioterapia que encontrou possui mais credibilidade ou não. Isso somente com as informações do site da empresa.

Boa sorte!

youtube

Como classificar vídeos sobre fisioterapia no Google com seu próprio site

Existem muitos guias excelentes sobre “como classificar vídeos no Google” ou “como fazer um site aparecer no Google” – mas a maioria deles é sobre como otimizar vídeos no YouTube. Ao classificar um vídeo do YouTube (ou um vídeo hospedado em outra plataforma de hospedagem) no Google, você enviará o tráfego para essa plataforma de hospedagem. E então a grande questão é: seu usuário visitará seu site depois de assistir ao vídeo ou ficará por perto para assistir mais? (Com plataformas de hospedagem sugerindo continuamente outros vídeos para assistir e reproduzindo automaticamente o próximo da fila, aposto que é o segundo ).

Mostrar como resultado de vídeo no Google com seu próprio site não significa necessariamente que você tenha que hospedar seus vídeos automaticamente – também para vídeos incorporados, seu site pode aparecer como um resultado aprimorado de vídeo. Com as etapas de SEO de vídeo a seguir, explicarei como classificar vídeos no Google com seu próprio site.

Como gravar o vídeo perfeito para SEO

O Google pode acionar resultados de vídeo para aparecer em qualquer consulta, desde que haja um vídeo sobre isso e o Google pense que mostrar um vídeo como resultado faz sentido. Os tipos de vídeo para os quais o Google gosta de mostrar resultados são (1) instruções, (2) análises, (3) tutoriais, (4) qualquer coisa relacionada a esportes e condicionamento físico e (5) coisas divertidas e engraçadas.

Sabendo disso, você mergulha na ferramenta de palavras-chave. Sobre o que você quer fazer um vídeo? Preencha o seu tópico na ferramenta e descubra o que as pessoas gostam de saber. Como as pessoas pesquisam seu tópico – e ‘se’ as pessoas pesquisam por seu tópico.

Em seguida, comece a pensar em seu objetivo. O que você deseja alcançar com seu vídeo? Você deseja educar, inspirar ou entretê-los? Se for para educar: ensine a seus usuários novas habilidades ou conhecimentos por meio de como fazer, tutoriais, vídeos de desembalagem ou análises de produtos. Se for para inspirar: motive seus usuários a agir usando vídeos artísticos, vídeos de marcas, apresentações ou entrevistas. E se for para entreter: faça seus usuários rir através de anúncios engraçados, esquetes cômicos ou paródias. De acordo com isso, você escreve seu roteiro. (Defina sua estratégia de marketing de conteúdo principal para seu vídeo).

Ao gravar, verifique se as luzes estão boas, a qualidade do som é boa e o seguinte: as suas habilidades de edição são boas. (Lembre-se de que você precisa competir com bilhões de outros vídeos, então faça valer a pena assistir ao seu vídeo). Embora gravar o vídeo perfeito possa não ser fácil, certamente irá ajudá-lo em sua classificação eventualmente.

 

ETAPA 1: use vídeo SEO

Gravação, edição e exportação de vídeo: FEITO.

Agora que o arquivo de vídeo está em seu computador, você deve alterar o nome do arquivo de vídeo para um mais descritivo. Embora o Google não possa assistir ao seu vídeo, ele pode ler o nome do arquivo do vídeo para entender do que se trata. O que é melhor, é mudar o nome do arquivo de vídeo para sua palavra-chave primária. Se a sua palavra-chave for: “Como cortar um abacate”, altere o nome do arquivo de vídeo para: como-cortar-um-abacate.MOV. Se o seu vídeo já foi carregado na plataforma de hospedagem, tudo bem – não há necessidade de reenviar o vídeo. Você pode continuar com as etapas abaixo ou, se não for aplicável: vá para a etapa 2.

(As etapas a seguir são para vídeos hospedados em uma plataforma de hospedagem como YouTube, Vimeo ou Dailymotion).

Ao usar o SEO de vídeo, seu objetivo inicial é melhorar sua classificação no mecanismo de busca de onde seu vídeo está hospedado, obter mais tráfego para sua página de vídeo e aumentar o número de visualizações de vídeo; assinantes, interações e comentários da mesma forma. Embora uma classificação elevada em uma plataforma de hospedagem não garanta uma classificação elevada no Google, ajuda o Google a entender mais sobre o seu vídeo.

Título do vídeo: escolha um título de vídeo bom, rápido e categórico – mas o importante aqui é que seu título seja descritivo e inclua palavras-chave.

Descrição do vídeo: as primeiras linhas são as mais valiosas – é isso que os usuários veem primeiro, antes de clicar no botão ‘ler mais’. Use essas primeiras linhas para realmente apresentar o seu vídeo ao público e tente chamar a atenção deles. O resto da descrição você pode usar para escrever sobre seu vídeo com mais detalhes e para fazer sua própria promoção de marca: crie um link para seu site, canais de mídia social ou outras páginas.

Tags de vídeo: (não ajudam diretamente na classificação no Google). Adicionar tags o ajudará a classificar seu vídeo na própria plataforma de hospedagem. Além disso, eles conectam outros vídeos com tags semelhantes para aparecerem ‘próximos’ – e pode ajudar a aumentar as visualizações do vídeo, quando o próximo vídeo for seu.

Transcrições e legendas de vídeo: plataformas de hospedagem com legendas ocultas (CC, transcrições ou legendas) para beneficiar pessoas com dificuldades auditivas e que falam outros idiomas além do seu vídeo – e essas legendas são rastreáveis ​​pelo Google. Se as palavras-chave que você deseja classificar estão em seu CC (ou seja: você falou sua palavra-chave em voz alta em seu vídeo), uau; as chances de seu vídeo ser classificado no Google ficaram muito melhores.

Miniaturas de vídeo: (não ajudam diretamente na classificação no Google). Quando o seu vídeo tem uma bela imagem em miniatura, as chances de alguém clicar em seu trecho de vídeo são mais prováveis. Especialmente importante para celular: aqui, o título e a miniatura do seu vídeo são a única coisa que um usuário vê quando ele é exibido no Google.

(Para obter uma explicação completa sobre como otimizar seus vídeos e canal do YouTube, verifique o site Trendszone. Há sempre bons conteúdos por lá).

 

ETAPA 2: adicione o vídeo ao seu site

Quando você deseja classificar no Google com seu vídeo, é na verdade a página da web onde você carregou seu vídeo hospedado (2.1) ou auto-hospedado (2.2) que você está tentando classificar. O importante aqui é dar a cada vídeo uma página própria. Pode ser uma página dedicada, como uma página de destino; ou uma página de tópico, como uma postagem de blog.

(2.1) Se o seu vídeo estiver hospedado em uma plataforma de hospedagem, use o código embed para adicionar o seu vídeo à página. (Para incorporar um vídeo em HTML, use o código <iframe>. Na maioria das plataformas, você pode obter esse código clicando em compartilhar> incorporar).

(2.2) Se o seu vídeo for auto-hospedado, certifique-se de que o arquivo de vídeo é compatível com o Google. O Google oferece suporte aos seguintes tipos:.3g2,.3gp2,.3gp,.3gpp,.asf,.avi,.divx,.f4v,.flv,.m2v,,.m3u8,.m4v,.mkv,.mov,. mp4,.mpe,.mpeg,.mpg,.ogv,.qvt,.ram,.rm,.vob,.webm,.wmv,.xap

 

ETAPA 3: aplique técnicas de SEO na página

Como seu vídeo é carregado ou incorporado em uma página comum, você aplicará técnicas comuns de SEO na página – exatamente como faria em qualquer outra página do seu site.

Pense em adicionar suas palavras-chave ao slug de URL, à tag de título e à meta descrição. Quando o seu vídeo for o foco da página, mencione isso na sua tag de título e / ou meta-descrição também, por exemplo. “Como cortar um abacate em pedaçoes [Vídeo]”. Dica: adicionar a palavra ‘vídeo’ ajudará você a se classificar no Google para consultas de pesquisa de vídeo – provavelmente até mesmo entre os 10 primeiros.

 

ETAPA 4: Estruture a página e adicione conteúdo

A posição do vídeo em uma página é importante. O ideal é colocá-lo próximo ao topo da página e torná-lo grande; vai mostrar que o vídeo é o foco da página.

Logo acima do vídeo, você escreve uma pequena peça introdutória sobre o vídeo ou o tópico. Com isso, seus visitantes logo entenderão se este vídeo é o que procuram, o que podem aprender com ele e se o vídeo vai ou não responder às suas perguntas. Mas não é apenas para os seus visitantes – ao adicionar conteúdo à sua página, o Google também terá uma ideia melhor do que é o seu vídeo. Em seu conteúdo, use suas palavras-chave (mais variações de palavras-chave e palavras-chave relacionadas) e também adicione suas palavras-chave na tag H1 e o texto alternativo de uma imagem.

 

ETAPA 5: adicione uma transcrição de vídeo

Adicionar transcrições é ótimo para o SEO, pois (1) o Google pode rastrear as transcrições para entender mais sobre o tópico e a relevância e (2) nem todo mundo prefere assistir a um vídeo; adicionando uma transcrição em sua página, você pode veicular conteúdo baseado em vídeo e texto, atraindo tanto alunos visuais quanto leitores.

 

Observações importantes e dicas finais

Certifique-se de que o Googlebot pode rastrear suas páginas de vídeo. Seu vídeo deve ser hospedado em uma página disponível publicamente; para assistir ao vídeo, não é necessário fazer login e a página não deve ser bloqueada por robots.txt, metatag de robôs ou noindex).

Depois de assistir a um clipe incorporado do YouTube, você provavelmente verá outros vídeos que o YouTube sugere que você assista. No passado, você tinha a opção de impedir a exibição de “outros vídeos relacionados” no final, mas essa opção foi removida. Se você não quiser mostrar os vídeos sugeridos, há uma maneira de contornar isso adicionando um código ao seu site.

As informações que você anotou no mapa do site do vídeo e na marcação do esquema do vídeo devem ser consistentes com o próprio conteúdo do vídeo.

Seu vídeo na Pesquisa Google, Google Video e Imagens do Google

Depois de realizar todas as etapas, seu vídeo pode ser exibido em cada um dos serviços de pesquisa de propriedade do Google; Pesquisa, vídeo e imagens.

 

Na Pesquisa Google

Com apenas a miniatura do vídeo e o link, seu vídeo terá uma aparência básica no Google. Assim que você começa a fornecer mais informações, o Google também pode mostrar isso junto com o trecho de seu vídeo. Pense em coisas extras, como a duração do vídeo, a reprodução automática da visualização do vídeo, a data do vídeo, a capacidade de restringir a exibição do seu vídeo em determinados países ou dispositivos e muito mais.

Novo: os resultados do seu vídeo na Pesquisa Google estão se tornando ainda mais valiosos para os usuários, agora que o Google é capaz de mostrar carimbos de data / hora abaixo do resultado do seu vídeo – uma espécie de função de pesquisa no conteúdo do vídeo. (No momento, o recurso “neste vídeo” funciona apenas para vídeos do YouTube (use dados estruturados do Clip e verifique as práticas recomendadas ). Se você estiver interessado em adicionar carimbos de data / hora a vídeos não YouTube, preencha este formulário ).

cervicobraquialgia

Fisioterapia Ortopédica Desmistificada

Fisioterapeuta: Parâmetros da Jornada de Trabalho | Blog do Secad

Fisioterapia Ortopédica

A fisioterapia ortopédica é aquela que faz a prevenção e o tratamento de dores e disfunções que sejam de causas naturais da utilização convencional do corpo, sem que tenha como origens traumas ou doenças associadas.

Esse tipo de fisioterapia tem como principal função a identificação e correção de desordens tanto pré como pós sintomas. Nesse caso, tem-se a noção exata do padrão apresentado e assim pode-se usar a ferramenta adequada.

Como ferramentas destacam-se a terapia manual que é a osteopatia, a quiropraxia, entre outras como as principais. Elas são usadas para fazer a parte de correções de pequenos parâmetros, isto é, fazer as pequenas correções que preparam o corpo para as grandes correções. Nestas estão envolvidas atividades ortopédicas que equilibram o uso que a pessoa tem em seu corpo, seja fortalecendo, alongando ou conscientizando sobre como utilizar o corpo segundo cada demanda, seja ela de uma pessoa que tem um trabalho braçal ou intelectual.

Resumo

Falando de forma clara a ortopedia entende o corpo e consequentemente os problemas por ele apresentado como uma consequência individual ou somada de fatores como genética, ambientais (trabalho, hábitos e costumes) e psicossociais.

Tendo isso em vista, fica claro que o alivio dos sintomas de forma definitiva e duradoura depende mais do paciente do que do terapeuta, pois somente o paciente tem o poder da escolha pra fazer as mudanças necessárias, cabendo ao fisioterapeuta o papel de orientação e procedimentos.

Conclusão

Infelizmente, nos fisioterapeutas também erramos em nossa atividade, não explicando pro paciente qual é a causa do seu problema e qual o passo a passo para inverte isso de forma definitiva. Essa orientação e muito importante para o paciente aderir ao tratamento tomando pra si a responsabilidade de seguir de forma correta até a solução completa dos sintomas.

DM 03242016 1528 1 1

Pensando em experimentar a Acupuntura? Leia Isto Primeiro!

A Acupuntura é uma nova e controversa ferramenta utilizada na medicina moderna de hoje. Pode ser um tratamento extremamente intimidante e confuso para aqueles de vocês que são novos na idéia. Uma vez que você tenha passado algum tempo pesquisando e aprendendo sobre o processo, de fato receber os tratamentos não vai parecer tão severo. Armado com o conhecimento abaixo, você pode estar confiante na sua decisão de receber tratamentos de acupuntura.

O que fazer antes?

Antes de uma consulta de acupuntura, não coma uma refeição pesada. Você estará deitado de barriga para baixo a maior parte do tempo durante a sua sessão. Isto pode lhe causar desconforto no estômago se sua barriga estiver cheia. Ao invés disso, coma uma refeição leve, de fácil digestão, ou apenas petisque em alguns lanches.

Preocupações

Não se preocupe com o número de agulhas que estão envolvidas na acupuntura. A acupuntura envolve agulhas e não há como contorná-la. Você não pode esperar acupuntura sem agulhas. Portanto, você deve se permitir acostumar a este fato antes de receber um tratamento. Se você não se acostumar, você vai ficar estressado durante a sessão, o que minimizará a eficácia da mesma.

Precauções

Não coma muito antes de ir para a sua consulta. Embora você não deva entrar de estômago vazio, pois pode sentir náuseas se o fizer, o recheio só vai fazer você se sentir mal. Ao invés disso, planeje fazer um lanche cerca de uma hora ou duas antes do horário da consulta.

Reveja qualquer medicamento que você esteja tomando para determinar se algum deles está contra-indicado durante a acupuntura. Converse com o acupunturista ou seu médico para descobrir o que você precisa para parar de ingerir antes da consulta. Não tome nada antes, durante ou depois que possa dificultar o resultado do tratamento.

O tratamento deve ser sempre agendado em um momento de relaxamento. Tentar fazer acupuntura diretamente após um evento estressante ou tributário fará com que seu tratamento seja menos bem sucedido que o normal. A melhor opção é fazer sua consulta em uma hora do dia em que as janelas antes e depois do tratamento estejam relativamente calmas. Isso permitirá que você colha todos os benefícios do tratamento.

Se você se sente frequentemente lento e como se estivesse ficando sem gasolina muito antes do final do seu dia, considere o que a acupuntura pode fazer por você. A maioria das pessoas tem a impressão de que é só para a dor, mas essa não é toda a verdade! A acupuntura pode ajudar a rejuvenescer você e dar-lhe mais energia para lidar com o seu dia.

Dicas Extras

Se você está interessado em acupuntura mas não pode arcar com isso, pergunte ao seu médico se ele o aceitará como paciente em uma escala móvel. Muitos praticantes oferecem este serviço, pois percebem os benefícios de saúde oferecidos por esta terapia. Tipicamente, você pagará apenas o que você pode pagar ou concordará com um pagamento em massa por vários tratamentos.

Veja o tempo que uma visita demora antes de ir à consulta inicial. Você precisa permanecer relaxado durante sua consulta. Saiba quanto tempo demora a sua consulta, depois reserve tempo suficiente para agendá-la.

Ouça música durante a sua sessão de acupuntura. Escolha algo que o relaxe completamente, e não algo que o faça sentir-se bem. Lembre-se, é tudo uma questão de relaxar. A música clássica é uma ótima escolha, ou você pode optar por uma forma relaxante de jazz. Tudo bem se você estiver relaxado até o ponto de quase dormir. Isso vai ajudar seus músculos a responder ao tratamento.

Alguns pacientes apresentam corrimento nasal ou gripe leve, como sintomas após um tratamento de acupuntura. Na medicina chinesa, acredita-se que constipações e gripes estão na raiz de muitas enfermidades dentro do corpo. Estes sintomas são apenas a forma do corpo liberar toxinas, e normalmente não duram por muito tempo. Faça o seu melhor para se manter confortável durante este tempo, e você logo voltará à saúde ótima.

Roupas adequadas

É melhor usar algumas roupas soltas na sua consulta de acupuntura. Roupas soltas ajudarão seu acupunturista a alcançar todos os lugares onde ele ou ela precisa colocar alguns pinos. Além disso, roupas apertadas podem impedir a circulação do seu sangue e deixá-lo muito desconfortável durante seu tratamento de acupuntura.

Alimentação

Pergunte sobre vitaminas, remédios fitoterápicos ou remédios que você possa estar tomando. O seu acupunturista pode ajudá-lo a determinar se algum destes precisa ser adiado antes do seu tratamento. Às vezes você pode precisar evitar tomá-los entre as sessões também. Consulte primeiro e você saberá exatamente como aumentar os benefícios.

Faça muitas perguntas ao seu acupunturista antes e depois de um tratamento. Você pode aprender muito sobre acupuntura se pedir ao seu acupunturista para descrever o tratamento que ele está prestes a administrar e falar sobre as sensações que você sentiu após o tratamento. Você poderá pedir novamente o mesmo tratamento se souber o que seu acupunturista fez.

Profissional

Verifique se o seu acupunturista possui as certificações e qualificações adequadas. Pergunte sobre qualquer organização profissional da qual ele faça parte, e verifique sua posição junto a organizações como o Better Business Bureau. Você quer ter certeza de encontrar um verdadeiro profissional que tenha recebido o treinamento adequado neste campo da medicina alternativa. Fazer isso o ajudará a saber que os tratamentos são legítimos e que as suas necessidades de saúde estão sendo atendidas.

Considere sempre o seu nível de conforto quando encontrar um acupunturista. Você vai ficar confortável com essa pessoa quando estiver deitado sobre uma mesa sem roupa? Você vai se sentir bem quando ele estiver colocando agulhas em várias partes do seu corpo? Você confia nele? Se você respondeu não, é hora de procurar um outro praticante.

O seu acupunturista pode pedir para ver a sua língua. O pulso da língua é usado como parte da determinação de como seu qi, ou energia corporal, está fluindo. Tanto seus níveis de estresse quanto sua freqüência cardíaca serão observados. Ele usará todas essas informações para adaptar um plano que se adapte às suas necessidades.

Pensamentos finais

Agora você sabe um pouco mais sobre o campo da acupuntura e como ela pode influenciar o seu bem estar. Não é difícil de entender uma vez que você tenha sido introduzido às idéias acima. Agora é a hora de agir e buscar tratamento se você está sofrendo de dor ou desconforto.

a020d01baae7930d4891bf087e4d9dfc

Dor no ombro, Tendinite de Supraespinhoso ou Supraespinhal: Causas e Tratamento

O que é tendinite de supraespinhoso?

Tendinite de ombro são inflamações provocadas pelo atrito do tendão distal do músculo supraespinhoso na parte inferior do acrômio, que é a parte mais superior da escápula.

Ela é responsável por 90% das dores que aparecem em consultório e tem opr característica o aumento da dor ao movimento, em especial aqueles acima da linha do ombro, como pentear cabelo, pegar objetos em lugares altos, etc, portanto esses são alguns sintomas de tendinite no ombro.

Bursites e Tendinites no Ombro — Dr. Leonardo Cavinatto - Médico ...

Cid de tendinite de ombro.

Causa da tendinite

A causa da tendinite no ombro afetar uns e outros não é justamente o posicionamento da escapula. Quando a escapula esta anteriorizada, ou protusa, ela diminui o espaço que o tendão do músculo supraespinhoso tem pra deslizar sobre o acrômio e isso predispõe as dores da tendinite no ombro.

Precauções

No dia a dia a tendência é que as pessoas fiquem sempre na posição de flexão, sejam sentadas, dirigindo, trabalhando com computadores, etc.

Todos esses exemplos citados predispõe a uma má posição da escapula que por sua vez gera maior desgaste do tendão aos movimentos.

Como corrigir os ombros rodados. / Somente 5 MINUTOS! - YouTube

Tratamento de tendinite de supraespinhoso

No caso de tendinite não existe milagre, para se livrar de vez desse tipo de dor que acomete o tendão do músculo supraespinhoso ou supraespinhal é importante a consciência corporal da cintura escapular e nem sempre a solução será só tomar remédio para tendinite, más através de exercícios posturais ativos, como RPG ou outros.

Isso serve como forma de evitar que o ombro fique sobre estresse mecânico ja descrito acima e ainda permite que as melhoras alcançadas em terapias de osteopatia e quiropraxia tenham tempo agir e de se desinflamar.

Pois caso contrario sempre que fizermos uma consulta de osteopatia e quiropraxia e a pessoa não adquirir uma consciência postural o trabalho será em vão, levando muito tempo e sem o resultado esperado, levando a desistência do acometido.

Se você sofre desse problema ou conhece alguém que sofre entre em contato que temos um tratamento correto pra você.
Clínica de Fisioterapia, Quiropraxia, Osteopatia, Acupuntura, RPG e Pilates

ATM – Articulação Temporomandibilar e DTM Disfunção Temporomandibilar. O que é? Tem cura?

A Articulação Temporomandibilar ou ATM é uma articulação responsável pela abertura da boca sendo sua disfunção a DTM uma condição dolorosa que acompanha ou não estralos ou estalidos que podem ocorrer acompanhado ou não de limitação na oclusão bucal.

Clínica de Fisioterapia, Quiropraxia, Osteopatia, Acupuntura, RPG e Pilates
Fred Soares – Clínica de Fisioterapia, Quiropraxia, Osteopatia, Acupuntura, RPG e Pilates.

O tratamento convencional para essa condição é a utilização de placas e aplicação de laser. Porém a osteopatia vem para agregar uma ferramenta muito poderosa no tratamento da ATM, que é a inibição dos músculos pterigóide, digástrico, entre outros e utiliza ainda a reprogramação muscular e articular com exercícios e manipulação dessa articulação a fim de restabelecer o correto posicionamento dos côndilos e da bursa que podem estar alteradas nessas condições.

Portanto não só o dentista trata DTM mas o Fisioterapeuta Osteopata também. Legal né?!

Cartão de Visitas 02

O que é Fibromialgia?

A Fibromialgia é uma condição dolorosa crônica que acomete principalmente mulheres acima dos 50 anos e que por sua vez apresentam algum tipo de desequilíbrio químico ou de origem metabólica ou de origem emocional, porém estes são os sintomas de fibromialgia.

Tais condições predispõe o corpo a uma simpaticotonia que como consequência têm a vasoconstrição como efeito.

Nesse caso o sangue tem dificuldade para chegar as extremidades do corpo, provocando dores de característica periarticulares, bilaterais e difusas.

imgonline com ua exifeditk6tCTvzy1euF
A Fibromialgia uma condio dolorosa crônica que acomete principalmente mulheres acima dos 50 anos

Tratamento

O tratamento para a fibromialgia deve consistir em 3 fatores a interromper o ciclo vicioso de dor e stress, que seria o uso de antidepressivos em baixas dosagens, a realização de exercícios físicos moderados, de preferencia em agua quente no inicio.

Pensamentos Finais

O último fator seria a realização (de/ou) terapia cognitiva continuada ou a realização de tarefas de cunho puramente energético emocional, como relações interpessoais, familiares e de recreação.

Assim como terapias físicas como massoterapias, osteopatia, entre outras relacionadas a melhora do aspecto biopsicossocial da pessoa acometida.

Com a abrangência multidisciplinar tenho por experiência própria a convicçãode que a fibromialgia é cem porcento tratável com altos índices de acerto quando feito da forma descrita.

0osteopatia 7 003

Saiba a diferença entre Osteopatia e Quiropraxia

Ola pessoal, sejam bem vindo ao meu site! O objetivo deste é informar sobre as principais dúvidas que aparecem em consultório …

Imagen Fred

Problemas relacionados ao esporte? Entenda porque e como prevenir.

O que você vai encontrar :1 Esportes que dão mais problemas de dores e lesões no brasil?1.1 Qual o fator mais importante …

Gustavo Nardi Packshot 3D Gelol

Gelol, para que serve? Quando usar?

O que você vai encontrar :1 Olá pessoal!1.1 Composição1.2 Prós e Contras1.3 Boa semana a todos!1.3.1 Para saber …