Blog

Dezenas de artigos. Melhore seu estilo de vida agora!

Terapia miofascial: saiba mais sobre esse procedimento 

Em uma rotina cada vez mais cansativa, que exige maior empenho físico, acaba ocorrendo um desgaste extra do corpo, que resulta em tensão muscular, dores, contrações e mais uma série de problemas, e para solucionar isso, existe a terapia miofascial.

Sentir dores musculares, depois de um dia intenso de atividades, pode ser comum. No entanto, quanto isso se torna frequente, é fundamental buscar ajuda profissional, uma vez que os efeitos disso podem acabar se tornando crônicos.

Em alguns casos, pode ser necessário tomar medicações para aliviar as dores, mas tudo deve ser feito sempre com instruções médicas seguras. 

Além disso, algumas atividades extras podem ser essenciais para ajudar no quadro. 

Assim como existe um sapato para enfermagem específico para ajudar o profissional a atuar de maneira confortável e segura, já que um salto alto seria inadequado e poderia causar dores no corpo depois de um dia de trabalho, é preciso encontrar soluções. 

De fato, muitas pessoas que sofrem com dores nas costas, por exemplo, podem precisar de um auxílio a mais do que tomar remédios com frequência. 

Para isso, é preciso ser avaliado por um médico, que encaminhará o paciente para a especialidade indicada. 

É comum que os fisioterapeutas tenham um grande destaque na resolução de problemas relacionados às dores musculares, de modo que passar em consulta e começar a terapia é indispensável para conquistar uma melhor qualidade de vida. 

Entre os possíveis tratamentos para algumas dessas dores, vale a pena mencionar a terapia miofascial, um procedimento que pode ser aplicado e trazer benefícios importantes para a vida dos pacientes.

Dessa forma, pessoas que sofrem constantemente com dores no corpo podem conquistar melhorias consideráveis no seu dia a dia após uma consulta, e na sequência, ao começar o tratamento adequado, como a terapia miofascial. 

Se você não conhece o procedimento, mas se reconhece nessa situação e quer mudar esse cenário, acompanhe este artigo e entenda melhor esse trabalho fisioterapêutico que pode melhorar a sua saúde e trazer bem-estar.

O que é terapia miofascial e como ela funciona?

É comum que nunca se tenha ouvido falar sobre um paquímetro digital profissional se você não trabalha na área, assim como pessoas que não possuem conhecimentos em fisioterapia saibam o que é a terapia miofascial. 

No entanto, para quem sofre com dores musculares de diferentes níveis, conhecer esse procedimento pode ser indispensável.

Uma vez que a aplicação dele pode trazer melhorias bastante positivas na resolução de quadros como esses. 

No corpo humano, existe um tecido conjuntivo que se chama fáscia, ele é feito de colágeno e atua conectando ligamentos, músculos, tendões, ossos e sangue. 

Por isso, a sua função é proteger e apoiar os órgãos e os grupos musculares. 

Quando ocorre uma mudança na estrutura desse sistema fascial, algumas disfunções são encontradas, o que quer dizer que a qualidade de vida do paciente será prejudicada por desconfortos e dores em diferentes áreas. 

Há várias causas para isso, sendo algumas delas:

  • Má postura;
  • Quedas;
  • Estresse;
  • Má alimentação;
  • Recuperação cirúrgica deficiente;
  • Lesão repetitiva;
  • Exercícios feitos de modo errado;
  • Sobrecarga após competição;
  • Imobilização prolongada por gesso ou por repouso.

De fato, são muitas as possibilidades que ocasionam problemas na fáscia e tomar medidas para que isso não ocorra é fundamental. 

Corrigir a postura, evitar situações de estresse e recorrer ao aluguel de uma cama hospitalar automatica em caso de necessidade são algumas ações que podem ajudar no dia a dia.

No entanto, nem sempre elas resolvem um quadro já desenvolvido. Nesse caso, é fundamental buscar o auxílio de um fisioterapeuta que possa aplicar a terapia miofascial e promover os cuidados para recuperar o bem-estar e a saúde. 

Essa terapia funciona de modo bastante simples: por meio de estímulos com técnicas de diferentes intensidades, o fisioterapeuta trabalha a área em que se sente dor, fazendo dígito-pressão.

Com isso, o profissional manipula esses tecidos musculares, sempre alternando a direção dos deslizamentos, dando pressão e apoio de acordo com a parte do corpo que está recebendo atenção na terapia. 

Além disso, outros recursos podem ser complementares e importantes no tratamento. 

Há a aplicação de calor na área afetada, alongamentos especiais, utilização de ganchos para quebrar as aderências presentes na região, agulhamento e outros métodos. 

Um deles ainda ajuda na estimulação da circulação sanguínea, o que permite a liberação do músculo que apresenta tensão, e inclusive, na redução gradual das dores. 

Devido a tudo isso, tal como uma torre de iluminação móvel promove a luz que se espera em uma determinada região, a terapia miofascial pode ser aplicada em várias partes do corpo, para que se possa ter sucesso na cura da dor devido ao desgaste da fáscia. 

Quais os objetivos da terapia miofascial?

Com a aplicação das técnicas de dígito-pressão, o fisioterapeuta trabalha o sistema fascial, para que ele receba uma informação que será transmitida ao sistema nervoso, indicando que há mudanças teciduais naquele local. 

Com isso, é possível verificar a diminuição da dor, principalmente quando há técnicas aplicadas em conjunto, pois elas potencializam os resultados de cada sessão. 

Quando essa pressão aplicada recebe como auxiliar a termoterapia, que se trata da aplicação de calor na região, é possível verificar um relaxamento muscular.

Além disso, a crochetagem é outra modalidade que potencializa os efeitos da terapia, da mesma forma que uma manipulação de medicamentos pode conter várias substâncias para tornar o tratamento da dor mais eficaz. 

Isso porque os crochets diluem a aderência presente nos músculos e ossos, o que pode ser o fator responsável por uma dor mais aguda que o paciente venha a sentir. 

O dry needling é mais uma ação, na qual são inseridas agulhas para uma ação pontual na região. 

Todos esses procedimentos são realizados com o médico devidamente paramentado, seja usando luvas, touca cirúrgica feminina, avental ou o que mais for necessário para um atendimento completo e seguro.

O conjunto desses procedimentos é capaz de fazer verdadeiras mudanças no quadro de saúde do paciente, devolvendo assim a sua tranquilidade e qualidade de vida. 

Os benefícios do tratamento com terapia miofascial

Assim como quem faz a instalação de ar condicionado procura resolver o seu problema com o excesso de calor em um ambiente, quem sente dores em diferentes regiões deve buscar tratamento para solucioná-las. 

Ao recorrer à terapia miofascial, o paciente pode colher diversos benefícios, que vão ajudar de modo especial na sua recuperação e bem-estar. 

Portanto, é indicado que, ao sentir dores constantes, seja feita a busca por um fisioterapeuta especializado.

O primeiro benefício imediato que se pode colher em uma terapia miofascial é a redução das dores, eliminando esses sintomas que são tão prejudiciais e incômodos para qualquer paciente.

Além disso, em conjunto, ocorre a recuperação da função de locomoção, que muitas vezes é impactada pela presença da dor e consequente redução dos movimentos. 

Em paralelo, há melhoria na circulação de anticorpos por todo o sistema muscular-esquelético. 

Outra vantagem mensurada é a da potencialização da circulação sanguínea, que traz benefícios não apenas para o alívio dos sintomas, mas principalmente para se ganhar mais disposição e melhorar a saúde de modo geral. 

A circulação melhorada também pode influenciar de maneira positiva nos processos de cicatrização das lesões musculares, ajudando na cura do paciente e no seu retorno às atividades normais, livre de dores.

Para tornar a terapia miofascial ainda mais interessante, esse trabalho contribui para reduzir os erros de postura, que acabam trazendo dores. 

Isso mexe inclusive com a dinâmica do corpo, permitindo que se tenha melhor movimentação e menos incômodos.

De fato, do mesmo modo que um cilindro de oxigênio industrial pode ser indispensável dentro de um tratamento, a terapia miofascial pode ser um dos passos mais importantes para se tratar problemas musculares em geral, devolvendo uma vida saudável ao paciente.

Por fim, vale a pena mencionar que esse tipo de procedimento é uma maneira eficaz de promover movimentos mais coordenados e eficientes para quem decide realizar a terapia.

Diante de todos esses benefícios, não há como negar que o tratamento miofascial aplicado por um profissional habilitado pode ser um grande passo para diminuir dores e trabalhar a musculatura, o que pode ser a solução para um quadro de sofrimento, mas que possui cura.

Considerações finais

Muitas pessoas se queixam de dores no corpo, seja pela má postura comum no dia a dia ou por excessos de atividades, que prejudicam a sua composição corporal em diferentes pontos, e que devem ser tratados o mais rápido possível para evitar altos impactos.

A terapia miofascial é um dos procedimentos que pode contribuir para a melhora do paciente, pois atua em conjunto com diferentes tratamentos para devolver a vitalidade e a qualidade de vida para quem busca uma solução médica eficaz. 

Por isso, se esse é o seu caso e você já estava em busca de uma solução, não deixe de consultar um médico de sua confiança e recorra à terapia miofascial para solucionar dores e outros problemas no seu sistema muscular. 

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Escreva um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

5 sintomas de Lombalgia: fique por dentro

Segundo a própria Organização Mundial da Saúde, a OMS, a lombalgia é uma dor que afeta cerca de 80% da população mundial, …

Lombalgia: saiba suas principais causas

É comum ouvir de pessoas ou até mesmo sentir dores nas costas de vez em quando, mas vale mencionar que existe um quadro …

Incontinência urinária: 3 exercícios para diminuir esse problema

É conhecida a afirmação de que quando estamos com saúde não percebemos, nem paramos para pensar nesses assuntos. Porém, …