Blog

Dezenas de artigos. Melhore seu estilo de vida agora!

alimentos que fazem mal para a pele

Saiba quais alimentos fazem mal para a pele

Conheça os alimentos que devem ficar de fora da alimentação para uma pele mais bonita e saudável.

Os cuidados com a pele vão além da estética e de uma rotina de skincare adequada. É preciso investir em práticas que mantenham a pele saudável de dentro para fora.

Manter uma alimentação balanceada é a melhor forma de prevenir a acne e outros problemas. Além disso, é possível evitar alguns alimentos que prejudicam a saúde da pele, contribuindo para uma aparência mais bonita e para um corpo com mais saúde. Pensando nisso, falaremos um pouco mais a fundo sobre esses alimentos.

Chocolate

O primeiro item da nossa lista representa uma paixão mundial. O chocolate está presente em muitas receitas e guloseimas. Os açúcares e gorduras presentes no chocolate são os principais fatores que contribuem para a piora da saúde da pele.

Para não abdicar do consumo de chocolate, é possível recorrer a opções com menor taxa de gordura e açúcares, como os chocolates amargos e meio-amargos.

Pães e alimentos com farinha branca

A farinha branca é um item essencial para a realização de muitas receitas, mas é preciso ter cuidado quando o ingrediente se torna um dos componentes principais do prato, como no caso dos pães.

O índice glicêmico desses alimentos que têm a farinha como base se mostram altos, o que pode desencadear a inflamação das glândulas sebáceas, fazendo com que surjam pontos de acne pela pele.

Refeições industrializadas e congeladas

As refeições industrializadas e congeladas se mostram uma opção prática para quem não possui tempo para cozinhar no dia a dia, mas é preciso ter cuidado.

Apesar de se apresentarem como uma opção mais saudável comparada a outros alimentos rápidos, as refeições prontas possuem um alto nível de sódio, o que contribui para a retenção de líquidos no organismo e afeta a saúde da pele.

Bebidas alcoólicas

As bebidas alcoólicas não são alimentos propriamente ditos, mas fazem parte das refeições e de pratos típicos do país. Afinal, quem nunca comeu uma feijoada e pediu uma caipirinha para acompanhar?

Quando se trata desse tipo de bebida, é preciso ter moderação. O excesso de álcool no organismo aumenta a demanda por eliminação de toxinas realizada pelo fígado. Por conta desse processo, o órgão passa a se dedicar prioritariamente a essa função, deixando de lado processos essenciais para a manutenção de uma pele saudável.

Fast food

Podemos definir como fast food qualquer lanche rápido disponível em franquias. Esses lanches estão presentes na alimentação da maioria dos brasileiros, principalmente em dias mais corridos e aos finais de semana.

O excesso de consumo desses alimentos pode contribuir para uma piora na saúde da pele graças aos altos níveis de gorduras saturadas presentes nos lanches. Essas gorduras podem desequilibrar a flora intestinal, resultando em processos inflamatórios que afetam a pele.

Para não deixar esses alimentos de lado, é recomendado recorrer a opções mais saudáveis como pizzas e hambúrgueres feitos artesanalmente.

Doces e açúcar refinado

Os doces e o açúcar refinado, presentes em altas quantidades nos refrigerantes, contribuem diretamente para uma piora na saúde da pele. Isso acontece graças ao aumento da resistência insulínica no sangue, desencadeada pelo consumo excessivo desses alimentos.

Essa resistência também estimula a produção de hormônios andrógenos que, em grande quantidade, afetam a oleosidade da pele, desencadeando o surgimento de regiões com acne.

 

É importante ter em mente que nenhum alimento isolado e em quantidades adequadas em uma alimentação equilibrada tem a capacidade de afetar significativamente a saúde da pele. Com os cuidados e o equilíbrio necessários, é possível manter uma pele saudável sem enxergar nenhum alimento como um grande vilão.

Escreva um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

5 sintomas de Lombalgia: fique por dentro

Segundo a própria Organização Mundial da Saúde, a OMS, a lombalgia é uma dor que afeta cerca de 80% da população mundial, …

Lombalgia: saiba suas principais causas

É comum ouvir de pessoas ou até mesmo sentir dores nas costas de vez em quando, mas vale mencionar que existe um quadro …

Incontinência urinária: 3 exercícios para diminuir esse problema

É conhecida a afirmação de que quando estamos com saúde não percebemos, nem paramos para pensar nesses assuntos. Porém, …