Blog

Dezenas de artigos. Melhore seu estilo de vida agora!

Produtos de limpeza e outros compostos que devem ficar longe do seu pet

Algumas substâncias são tóxicas e podem causar envenenamento nos animais. Veja o que evitar!

 

Quando você tem um pet em casa, precisa redobrar a atenção ao escolher os produtos de limpeza. Isso não significa abrir mão de um lar confortável e limpo, mas selecionar itens que não sejam prejudiciais para o seu cão ou gato.

 

Algumas substâncias são altamente tóxicas e o animal pode passar mal, sendo necessário levá-lo a uma emergência, sem nem mesmo tê-las ingerido. Até porque o faro dos cães é muito mais sensível, então respirar um produto químico pode ser perigoso para eles.

Produtos de limpeza perigosos para os pets

Você sabe quais são os produtos de limpeza perigosos para os pets? Confira:

 

  • alvejantes;
  • ácido bórico;
  • ácido sulfúrico;
  • amônia;
  • cloro;
  • detergentes;
  • hipoclorito de sódio;
  • amaciante de roupa;
  • óxido de cálcio;
  • silicato de sódio;
  • soda cáustica;
  • ceras;
  • desinfetantes fortes.

 

Para evitar problemas, antes de fazer a compra vale uma lida nos rótulos. Até porque quem deixa os animais dentro de casa pode procurar por substâncias mais fortes para remover o cheiro de urina, mas isso não é indicado.

Produtos que podem ser utilizados

O indicado para deixar os espaços sempre limpos é investir nos detergentes neutros, mistura de água com sabão neutro e o próprio álcool, que evapora rápido e não deixa cheiro. As substâncias de base vegetal também estão liberadas e têm a mesma eficiência, então, vale usá-las no lugar dos produtos mais tradicionais.

 

Se o local estiver muito sujo (o banheiro pet, por exemplo), você pode passar um pano umedecido em uma mistura de água, detergente neutro e uma colher de sopa de água sanitária. Faça isso enquanto o animal não está por perto e mantenha o ambiente arejado.

 

Outra dica legal, ideal para as áreas do seu companheiro de quatro patas, é investir nos produtos de limpeza próprios para pets, como os detergentes. Estas são substâncias desenvolvidas para não causar alergias, além de deixarem o ambiente limpo e perfumado.

Sinais de envenenamento nos animais

Como os produtos de limpeza podem causar envenenamento nos pets, é importante se atentar a alguns sinais, como:

 

  • vômito;
  • diarreia;
  • falta de apetite;
  • dificuldade para respirar.

 

Há casos em que o cão ou gato também pode ficar apático, mas os vômitos e a diarreia costumam ser os sinais mais comuns.

Limpeza segura de cada ambiente

Para manter a casa em ordem, veja o que você pode utilizar sem prejudicar a saúde do seu companheiro de quatro patas.

Pisos

Use o aspirador ou a vassoura para remover os pelos e a poeira. Lembre-se de aspirar também sofás e camas. Depois, um pano úmido com desinfetante neutro e sem amônia resolve bem a questão. O pet fez xixi fora do lugar? Aplique uma mistura de partes iguais de álcool e vinagre para eliminar o odor.

Quintal

Água e sabão neutro cumprem muito bem a função de limpeza, mas, se quiser, vale misturar também água morna com vinagre (⅔ de água para ⅓ de vinagre) e esfregar bem. Espere o piso do quintal secar antes de deixar os animais voltarem para lá.

Cantinho do pet

O espaço do seu companheiro também merece atenção. A cada troca de água, lave os potes com água corrente e sabão neutro. O mesmo vale para o prato de ração. Coloque caminhas e cobertores no sol, para evitar a umidade e sempre passe o aspirador no local, para evitar acúmulo de pelos e poeira.

Banheiro pet

O banheiro dos cães costuma ser o jornal ou o tapete higiênico. Este último é o mais recomendado, pela melhor absorção. Troque o jornal ou tapete sempre que estiver úmido e limpe o piso com um detergente próprio para pets ou a mistura de água e vinagre. No caso dos gatos, é recomendado renovar a areia ao menos duas vezes por dia.

Escreva um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

5 sintomas de Lombalgia: fique por dentro

Segundo a própria Organização Mundial da Saúde, a OMS, a lombalgia é uma dor que afeta cerca de 80% da população mundial, …

Lombalgia: saiba suas principais causas

É comum ouvir de pessoas ou até mesmo sentir dores nas costas de vez em quando, mas vale mencionar que existe um quadro …

Incontinência urinária: 3 exercícios para diminuir esse problema

É conhecida a afirmação de que quando estamos com saúde não percebemos, nem paramos para pensar nesses assuntos. Porém, …