Blog

Dozen of articles. Improve your lifestyle now!

Fisioterapia: confira a sua atuação na tendinite

Nem todo mundo sabe, mas a tendinite é um problema comum, que afeta milhões de pessoas todos os anos. Para tratá-la, é necessário se consultar com um fisioterapeuta.

Inclusive, em algum momento da vida, as pessoas precisam recorrer à fisioterapia para tratar diferentes tipos de lesão e problemas musculares.

Essas situações podem ser desencadeadas pelo excesso de movimentos repetitivos, postura inadequada, esforço em demasia, entre outras situações que expõem o organismo a condições prejudiciais.

O fisioterapeuta é um profissional indicado pelo médico para realizar o tratamento de diversos problemas associados aos músculos, tendões e articulações.

Os cuidados fisioterapêuticos surgiram na Grécia antiga, por meio de várias terapias de movimento, utilizadas para o tratamento de pessoas doentes.

Portanto, estamos falando de uma ciência antiga e que hoje é reconhecida no mundo todo como parte fundamental para a recuperação do pleno funcionamento do organismo.

A fisioterapia pode ser indicada até mesmo para potencializar outros tipos de tratamento, como enxaquecas. Assim sendo, ela é importante em diversas situações, como no caso da tendinite.

Neste artigo, vamos explicar o que é fisioterapia, quais são suas funcionalidades e objetivos, como é o tratamento fisioterapêutico para tendinite e os benefícios dele para a saúde. Acompanhe!

O que é fisioterapia, afinal?

A fisioterapia é uma ciência que estuda, previne, diagnostica e recupera diferentes tipos de distúrbios cinéticos funcionais, que podem acometer diferentes órgãos e partes do corpo humano.

É utilizada para tratar doenças provenientes de alterações genéticas, enfermidades adquiridas, além de traumas.

Entre seus objetivos está a preservação, manutenção, desenvolvimento e reabilitação de órgãos, funções e sistemas, por meio de diferentes recursos e conhecimentos, agindo diretamente no psicofísico social do paciente.

Você pode encontrar até mesmo fisioterapeutas veterinários, assim como é possível dispor de outros tratamentos, como endoscopia em cachorro.

Para os seres humanos, a fisioterapia fundamentada em mecanismos gerados por meio de estudos de diversas áreas, como:

  • Ciências fisiológicas;
  • Ciências morfológicas;
  • Bioquímica;
  • Biofísica;
  • Cinesia;
  • Sinergia funcional;
  • Biomecânica;
  • Patologias de órgãos.

Dentre as funcionalidades da fisioterapia está o atendimento com o objetivo de fornecer um diagnóstico sobre o paciente.

Logo, o profissional analisa e interpreta exames e laudos médicos para entender melhor qual é o quadro para assim poder identificar possíveis lesões.

O fisioterapeuta ainda observa os movimentos para identificar dificuldades motoras e incidência de dor. Por meio do diagnóstico, é prescrito o tratamento mais adequado, que pode variar entre diferentes tipos.

Pode haver necessidade de aplicação de massagens, atividades físicas na água, exercícios físicos e tratamentos frios e quentes.

O objetivo é fazer com que o paciente recupere e restabeleça seus movimentos naturais. Posteriormente, pode ser necessário investir em exercícios feitos em casa.

Caso seja preciso, além do alimento funcional, o fisioterapeuta ensina os movimentos ao paciente para que ele possa manter o tratamento em casa.

Independentemente dessa necessidade, algumas seções de fisioterapia são necessárias para identificar a melhora na saúde e na estabilização dos movimentos.

Diversos tipos de problemas podem ser tratados com o fisioterapeuta, e um deles é a tendinite, conforme ficará claro mais adiante.

A função da fisioterapia na tendinite

Antes de falarmos sobre qual é o papel da fisioterapia no tratamento da tendinite, primeiro é preciso entender do que se trata esse problema.

O sistema locomotor possui estruturas diferentes, que formam o ligamento dos tecidos, possibilitando os movimentos e a flexibilidade do corpo.

Os tendões são tecidos fibrosos que conectam os músculos e os ossos, mas eles podem sofrer lesões por diversos motivos. Um dos problemas mais comuns é a tendinite, que nada mais é do que um processo inflamatório que pode surgir nos tendões.

A sobrecarga no tecido causa esse problema, e ela é decorrente de esforço ou movimento repetitivo, portanto, é classificada na categoria LER (Lesão por Esforço Repetitivo).

Quando você passa pela catraca academia e realiza as atividades físicas do cotidiano, ajuda a evitar o surgimento desse tipo de problema.

É muito comum entre trabalhadores e esportistas ou qualquer pessoa que realize uma atividade que exija movimentos repetitivos, como tricô, digitação, crochê, costura, dentre outros.

Portanto, é fundamental tratar a tendinite para que ela não piore e se transforme em um quadro de tendinose. Esta doença é mais grave porque provoca a degeneração do tendão e, por esse motivo, exige um tratamento diferente.

Para tratar a tendinite, é fundamental procurar um fisioterapeuta, visto que a fisioterapia tem um papel importante na recuperação dos tendões.

Cada situação precisa de um profissional apropriado, como no caso de um dentista especialista em facetas de porcelana.

No contexto da tendinite, o fisioterapeuta é o profissional mais adequado porque ele realiza uma terapia que diminui a inflamação e devolve os movimentos no ombro, cotovelo e punho.

O tratamento pode ser realizado por meio de diferentes recursos, como ultrassom, bolsas de gelo, massagens, alongamento e exercícios para fortalecimento muscular.

Todos eles ajudam a aliviar a dor e reduzem a inflamação do tendão e, com isso, o paciente é capaz de manter o movimento e restabelecer a força dos músculos que também foram afetados pelo problema.

No caso do ultrassom, um gel próprio que contém anti-inflamatório é utilizado, o que não impede a penetração das ondas na região afetada.

Quanto às sessões de fisioterapia, assim como no caso de rpg para a coluna, elas podem ser realizadas 5 vezes por semana, ou conforme a disponibilidade do paciente.

Entretanto, é importante dizer que quanto mais próximas forem as sessões, melhores serão os resultados e mais rápido será o tratamento, visto que esses recursos possuem efeito acumulativo.

A importância de tratar a tendinite

A tendinite é um problema que pode provocar inchaço, dores e até uma aparência arroxeada na região afetada. O incômodo trazido por ela é capaz de afetar os músculos próximos, por isso, traz uma sensação de peso no membro.

Qualquer um desses sintomas, se forem recorrentes ou persistentes, precisam ser relatados ao médico.

Como você viu, a tendinite tem tratamento por meio de sessões de fisioterapia e elas são muito importantes para que o paciente possa aliviar os sintomas e ter mais qualidade de vida.

Entretanto, antes de procurar um profissional que também ofereça fisioterapia para idoso acamado, é fundamental investigar o problema para solucioná-lo da melhor maneira e impedir que se torne crônico.

Quando isso acontece, podem surgir complicações, como o rompimento dos tendões. Nessas situações, algo que poderia ser resolvido com fisioterapia e medicação, só será solucionado por meio de uma cirurgia.

Se você estiver passando pelo tratamento, é fundamental realizar repouso com tipoia, principalmente se a região afetada for ombro e punho.

Outras opções de tratamento que também podem ajudar, além da fisioterapia, são a acupuntura e exercícios de alongamento.

O paciente ainda pode realizar atividades de reforço muscular supervisionado, aplicar gelo em casa, adotar uma postura correta e optar por um ambiente de trabalho mais ergonômico.

Em uma clínica de fisioterapia, além da medicação, o profissional pode indicar tratamento complementar com plantas de ação anti-inflamatória, como no caso de chá de gengibre e erva doce, e o gel de babosa para os membros afetados.

Recomenda-se o consumo de alguns tipos de alimentos que podem ajudar na recuperação, como salmão, frutas cítricas, atum, entre outros.

O tratamento fisioterapêutico também traz muitos benefícios para o tratamento da tendinite. Por meio dele, o paciente consegue alongar e fortalecer o músculo, o que diminui o excesso de sobrecarga nos tendões.

Da mesma maneira, é por meio da fisioterapia que a pessoa restaura a habilidade natural das estruturas do ligamento.

Pessoas que realizam trabalhos com certo esforço físico, como os cuidadores de idosos que utilizam banco para banho idoso, também conseguem reduzir o estresse nas articulações.

Além de tratar o problema que já está presente em determinada região, o tratamento de tendinite ainda evita novas lesões em outras áreas.

Consequentemente, o paciente terá mais facilidade para realizar as suas atividades do dia a dia, pois deixa de sofrer com os incômodos trazidos pelo problema.

Os recursos utilizados, juntamente com os medicamentos, reduzem as dores e restabelecem a força do membro.

Dessa forma, o paciente recupera a qualidade de vida e volta a trabalhar, estudar e realizar outras tarefas do cotidiano com mais facilidade, sem dores e incômodos.

Conclusão

Diversas pessoas sofrem diariamente com as dores causadas pela tendinite. Mas, apesar de ser um problema fácil de tratar, é fundamental estar atento a ele, pois pode trazer consequências mais graves, como o rompimento do tendão.

Além de ser algo muito dolorido, o membro afetado perde sua funcionalidade, o que pode trazer muitos impactos negativos para o paciente.

Preservar o pleno funcionamento das articulações é essencial para qualquer pessoa, afinal, precisamos nos movimentar para realizar todo tipo de tarefa no dia a dia.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Write a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Quais instituições oferecem empréstimo pessoal para negativados?

A facilidade do meio virtual aumentou o número de empresas que fazem empréstimos online; veja quais delas também trabalham …

O que é e como funciona o leasing?

Modalidade é opção a mais para quem quer usufruir de um bem sem se endividar.   O leasing é uma modalidade …

8 ‌exercícios‌ ‌para‌ ‌fazer‌ ‌diariamente‌ ‌durante‌ ‌o‌ ‌seu‌ ‌tempo‌ ‌de‌ ‌trabalho‌

O tempo para a academia está escasso, mas é possível incluir exercícios no trabalho, durante o expediente e sem atrapalhar …