Blog

Dozen of articles. Improve your lifestyle now!

4 benefícios do pilates para idosos

A prática de pilates para idosos pode ser uma ótima indicação, tendo em vista que a atividade é uma das que melhor se adequam aos diferentes organismos, trabalhando corpo e mente em diversas frequências, seja em altos, médios e baixos impactos de exercícios.

 

De um modo geral, idosos tendem a ter musculaturas muito mais fracas em relação a outras pessoas, tendo em vista o desgaste do tempo, além de que eles já não possuem mais tanta força e equilíbrio.

 

Neste sentido, se exercitar com pilates pode agregar não apenas o fortalecimento de todos os músculos, com ênfase do abdômen, sobretudo uma melhor e maior consciência, o que na terceira idade é uma arma fundamental na luta e na prevenção de doenças.

 

Assim sendo, é fundamental entender mais sobre essa atividade, o que ela traz aos seus praticantes e, principalmente, como ela vem a ser vantajosa em seu uso para idosos.

 

Neste artigo, vamos entender esses e outros pontos sobre a importância de uma aula de pilates para coluna, destacando os principais objetivos dessa atividade e de que forma apostar nesse o pilates pode trazer melhorias para a disposição dos idosos. Acompanhe!

Por dentro do conceito de pilates

O pilates pode ser entendido como uma prática que inclui uma série de exercícios, sendo eles mais de 500, que podem ser feitos dentro de um treinamento específico, considerando cada tipo de corpo, disposição e problema a ser tratado pelos profissionais de fisioterapia.

 

De modo geral, podemos entender que o exercício, denominado a partir do nome de seu criador, Joseph Pilates, trabalha os músculos de todo o corpo, dependendo de cada movimento e necessidade.

 

A partir de repetições, ações arquitetadas e bem acompanhados, com a ajuda de ferramentas e aparelhos, as pessoas que praticam o pilates conseguem entrar em contato com pontos que podem ser essenciais para ajuda na qualidade de suas vidas, como:

 

  • Respiração;
  • Concentração;
  • Força nos músculos;
  • Centralização;
  • Fluidez.

 

Para começar, tudo isso acontece a partir da análise de profissionais que trabalham com essa prática, entendendo pontos de possíveis dores e problemas no corpo da pessoa, como uma cirurgia recente no joelho ou até mesmo problemas no nervo ciático.

 

Depois dessa concentração de informações iniciais são desenhadas as atividades, que em sua maioria envolvem um formato de ginástica e aeróbica, que podem ser feitas calmamente.

 

O ritmo devagar é aliado ao uso de aparelhos próprios, que podem ser bolas ou pedaços de retângulos de ginástica, até mesmo traves e outros ferros, que auxiliam o praticante de fisioterapia para idoso acamado a se envolver ainda mais com o seu próprio corpo.

 

Tudo isso acontece no contexto de um ritmo próprio, estabelecendo um contato direto com a respiração, sobretudo com a compreensão dos limites do corpo e da mente.

 

Por meio de repetições e também em momentos bem delimitados, o praticante de pilates consegue cada vez mais se voltar para si, entendendo suas dores e sabendo trabalhar suas limitações, de forma a desenvolvê-las positivamente e de maneira correta.

Quais os principais objetivos dessa atividade?

Ao falarmos sobre os objetivos do pilates, principalmente em meio a um tratamento feito junto a remédio manipulado para emagrecer, nos referimos à forma como o praticante consegue ter uma maior proximidade de sua respiração, quesito básico de sobrevivência.

 

Por meio de exercícios feitos em um tempo e ritmo bem delimitados, em conjunto com uma rotina de respirações, é possível trabalhar satisfatoriamente a força das atividades.

 

Afinal, é a partir do controle da respiração que todos os nossos movimentos, pensamentos e escolhas passam a ser melhor posicionados, desta forma, ensinando ao corpo o momento ideal para cada estímulo, seja ele voluntário ou involuntário.

 

O controle então passa a fazer parte da vida das pessoas que praticam essa atividade, de modo a ajudar em escolhas, não apenas relacionadas ao corpo, mas à mente.

 

Por exemplo, a determinação dos momentos em que se trabalha um braço ou uma perna em um aparelho de pilates podem ter impacto direto nas escolhas da mente em se acalmar, no cenário de uma situação de pânico, ou em um reflexo rápido que precisa ocorrer.

 

A centralização e a coerência pelo ponto que indica a base de nosso corpo também se faz uma das prioridades para as pessoas que praticam pilates, ainda mais para aquelas que precisam trabalhar a estabilidade de movimentos, como um especialista em acupuntura.

 

Isso acontece justamente por conta do entendimento dos movimentos de braços e pernas, sabendo exatamente de que forma passar a coordená-los para que a atividade aconteça.

 

Outra questão, tão importante quanto as demais, é a precisão, determinada a partir dos movimentos do pilates que estimulam não a pressa, mas a perfeição em como as atividades são colocadas, focando em uma execução com o mínimo de erros pelo praticante.

 

Neste sentido, em seguida, o benefício trazido remete à concentração e à forma como essas atividades podem ajudar em conjunto com um tratamento de rpg para a coluna ou similares.

 

Falando em tratamentos, uma das principais funções do pilates é a questão de dores e de problemas no corpo, principalmente para pessoas que sofreram algum tipo de trauma ou de cirurgia e que possuem partes que precisam de ajuda em relação a dores.

 

Neste sentido, o pilates consegue, por meio de exercícios de repetição e de fortalecimento de musculaturas coadjuvantes, trabalhar a melhoria desses pontos de dor.

 

Tudo isso acaba sendo fruto de um conjunto bem delimitado pelas outras vantagens que o pilates agrega a seus praticantes, como o caso da flexibilidade, mobilidade e o alívio no estresse, o que, para pessoas que sofrem com dores, torna-se essencial.

Vantagens para idosos praticantes

Agora que você já entendeu o que é pilates e quais seus principais objetivos em relação a seus impactos positivos, principalmente aliado a práticas saudáveis, como alimentação com marmita fitness congelada, é importante saber mais sobre a prática para idosos.

 

De um modo geral, podemos verificar que, na terceira idade, o corpo tende a estar em uma fase totalmente diferente em comparação com os anos de juventude.

 

O que vale destacar aqui é o desgaste da musculatura e de ossos, o que é aplicado diretamente na disposição de movimentos e atividades físicas. Esse ponto, sem dúvida, acaba trazendo consequências físicas e psicológicas para pessoas em idade avançada.

 

Dessa maneira, se faz essencial trabalhar o pilates, que pode trazer alguns benefícios essenciais em espaços para exercícios com banco para banho idoso. São eles:

1 – Diminui as dores

As dores em meio a terceira idade são pontos considerados normais, ainda que possam ser bem trabalhados. Por meio do pilates, torna-se mais simples trabalhar toda a musculatura, de forma que não deixem dores nem desconfortos para os praticantes do exercício.

 

Uma boa vantagem é a forma como problemas específicos podem ser tratados, como dores nas pernas e no joelho, por meio de exercícios que fortalecem essas áreas específicas.

2 – Auxilia na correção da postura

Geralmente, a postura de idosos tende a ser mais curvada, algo natural conforme o passar dos anos, uma vez que há amplo desgaste da coluna. 

 

Por meio de equipamentos e ferramentas apropriadas no pilates, dentro de clínicas de clínica de fertilização, os idosos podem corrigir sua postura.

 

A má postura, sempre que bem trabalhada e constantemente fortalecida, pode trazer a formatação de uma nova altura, além de agregar maior fortalecimento.

3 – Evita doenças e melhora as existentes

É comprovado que o bom condicionamento físico e a qualidade dos exercícios, ainda mais aqueles que trabalham problemas específicos, podem gerar a melhoria da qualidade de vida e ainda ajudar no combate de doenças, que exigem a movimentação do corpo.

 

Para idosos, essa questão é mais do que importante e pode fazer parte de um processo de tratamento e reabilitação fundamental, auxiliando no combate a doenças e na melhoria daquelas já existentes, como pressão alta, diabetes e problemas cardíacos.

4 – Melhora a flexibilidade

Os praticantes de pilates conseguem ter uma maior flexibilidade, fruto dos exercícios feitos durante as aulas, especialmente com a ajuda de aparelhos próprios. Desse modo, os idosos que praticam o pilates conseguem ter essa vantagem.

 

Esse ganho se torna fundamental em uma idade onde os músculos e os ossos se tornam muito menos movimentados, entregando pouca flexibilidade.

Considerações finais 

Não há dúvidas de que o pilates é uma das atividades mais recomendadas para idosos, tendo em vista sua alta funcionalidade em relação ao trabalho de musculatura, flexibilidade e condição física, que pode ser essencial para a prevenção e combate de doenças.

 

Além desses pontos, considerados vitais para pessoas da terceira idade, é por meio desses exercícios que a consciência e o equilíbrio físico são trabalhados, questões importantes no contexto em que a idade avançada acarreta em altos gastos corpóreos.

 

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Write a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Quais instituições oferecem empréstimo pessoal para negativados?

A facilidade do meio virtual aumentou o número de empresas que fazem empréstimos online; veja quais delas também trabalham …

O que é e como funciona o leasing?

Modalidade é opção a mais para quem quer usufruir de um bem sem se endividar.   O leasing é uma modalidade …

8 ‌exercícios‌ ‌para‌ ‌fazer‌ ‌diariamente‌ ‌durante‌ ‌o‌ ‌seu‌ ‌tempo‌ ‌de‌ ‌trabalho‌

O tempo para a academia está escasso, mas é possível incluir exercícios no trabalho, durante o expediente e sem atrapalhar …