Dicas de Fisioterapia para Pacientes e Fisioterapeutas

Leia nossos artigos. Melhore o seu estilo de vida agora!

Como estudar para provas de concurso?

Confira dicas para se concentrar e focar nos conteúdos em que você tem mais dificuldade. 

 

Alguns órgãos públicos usam os concursos como meio de contratação de novos servidores. Este é o caso da Receita Federal e do INSS, por exemplo, ambos bastante concorridos e interessantes para os concurseiros. 

 

De qualquer forma, não importa em qual concurso você esteja interessado, é preciso se preparar para as provas. Neste caso, nada melhor que uma rotina de estudos, com foco em todo o conteúdo cobrado, mas, principalmente naquilo que você tem mais dificuldade. Está pensando em fazer um concurso público em breve? Confira dicas que vão te ajudar nos estudos. 

Saiba o que será cobrado 

O primeiro passo para começar os seus estudos é ler atentamente o edital. Ali estão especificados todos os conteúdos que serão cobrados nas provas. Com isso, você consegue definir o seu ponto de partida. 

Elabore um cronograma de estudos 

Depois de descobrir todas as matérias cobradas, é hora de organizar um cronograma. A tendência é querer iniciar pelo mais fácil, mas o melhor é ter um equilíbrio entre tudo. Então, se você tem dificuldade com leis, estude-as primeiro e feche o dia de estudos com português, caso tenha mais facilidade. 

Faça pequenos intervalos para descansar 

Um dos erros mais comuns de quem está estudando para concursos é nunca fazer pausas. Se jogar de cabeça no conteúdo é se cobrar o tempo todo para ler e estudar cada vez mais. Apesar disso, o seu corpo precisa de descanso, então, levante para tomar um café, beber água ou comer uma fruta. Pausas de 10 minutos entre cada matéria podem ajudar muito. 

Descubra o seu melhor método de aprendizado 

Cada pessoa tem uma forma de aprender as coisas. Para algumas, a leitura já é bastante esclarecedora, outras preferem apenas ouvir. Há, ainda, aquelas que precisam ser colocadas em prática, fazendo simulados. Estes modelos são conhecidos, respectivamente, como aprendizagem visual, auditiva e sinestésica. Descubra a sua e coloque-a em prática. 

Teste os seus conhecimentos 

Os exercícios das apostilas podem ajudar bastante, mas procure fazer também alguns simulados. A ideia é testar os conhecimentos e ver o que você já conseguiu assimilar. Nas questões com mais dificuldade, você encontra o que precisa ser revisado e receber maior foco. 

Tenha metas de estudo diárias  

Além de organizar um cronograma com os conteúdos para estudar, procure ter metas diárias. Exemplo: você passará duas horas focado em matemática para, em seguida, ficar uma hora focado em técnicas de redação. Com essa meta, fica mais difícil procrastinar e você se mantém focado no seu objetivo. 

Monte um cantinho dos estudos 

Esta dica é especial para pessoas mais ansiosas, que perdem o foco facilmente. Ainda assim, qualquer um pode seguir, já que um canto para estudar deixa tudo mais organizado. Pense em um local mais tranquilo da casa e coloque lá todos os materiais e uma luminária. 

Faça marcações nos textos lidos 

Caso esteja usando um livro, as marcações podem ser feitas com post it, mas se você imprimiu ou tem apostilas, a caneta marca-texto será sua aliada. Sublinhe e destaque frases importantes, aquilo que precisa mesmo ser lembrado. Vale até usar cores bem fortes para chamar a sua atenção em posteriores revisões. 

Leia resumos e provas anteriores 

Os resumos complementam o estudo mais pesado, sendo úteis em uma revisão. Além disso, também é indicado dar uma olhada nas provas anteriores. Ali você tem uma ideia de como o conteúdo é cobrado e pode colocar em prática o que já estudou. 

Evite as distrações  

Se você já tem um cantinho de estudos, provavelmente tem poucas distrações por perto. Ainda assim, é válido se manter longe da TV, do video game e até do smartphone enquanto estuda. Os aparelhos podem ser úteis mais tarde, no seu momento de lazer e descanso, também importante. 

Escreva um Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

7 benefícios para criar um blog de fisioterapia

Muitas pessoas confundem blog com site, mas eles são diferentes em seu conceito, principalmente, no que diz respeito ao …

Óleos essenciais: confira 7 benefícios

Um prontuário médico digital pode encaminhar o paciente para os mais diversos tipos de tratamentos. 

4 benefícios do pilates para idosos

A prática de pilates para idosos pode ser uma ótima indicação, tendo em vista que a atividade é uma das que melhor se …