Dicas de Fisioterapia para Pacientes e Fisioterapeutas

Leia nossos artigos. Melhore o seu estilo de vida agora!

Saiba como a fisioterapia auxilia no tratamento da enxaqueca e dores de cabeça

A fisioterapia é um tipo de tratamento que diversas pessoas recorrem em algum momento de suas vidas. Ela é comum quando sofremos alguma lesão ou estamos com algum problema muscular.

Quando isso acontece, o médico sugere o acompanhamento de um fisioterapeuta, para ajudar no tratamento e complementar o uso de medicamentos.

Esse cuidado surgiu na Grécia Antiga, quando as pessoas já se interessavam por terapias do movimento para tratar os indivíduos adoentados.

No entanto, a fisioterapia pode servir para o alívio e tratamento de outros problemas, como a dor de cabeça. Para se ter uma ideia, segundo dados da Organização Mundial da Saúde (OMS), a enxaqueca é a 10ª doença mais impactante.

Ela acomete cerca de 15% da população mundial e, só no Brasil, cerca de 30 milhões de pessoas têm esse problema.

As crises de enxaqueca atrapalham a nossa vida, impossibilitando a realização de tarefas do dia a dia. Consequentemente, a produtividade é reduzida e a qualidade de vida também.

Pensando nisso, neste artigo, vamos explicar o que é fisioterapia, suas funcionalidades e de que forma ela auxilia no tratamento das dores de cabeça, em especial das enxaquecas. Acompanhe a leitura!

Afinal, o que é fisioterapia?

A fisioterapia é uma área da saúde que estuda, previne, diagnostica e recupera pacientes com distúrbios funcionais intercorrentes em órgãos e sistemas do corpo.

Ela trata doenças provocadas por alterações genéticas, traumas e outras enfermidades que os indivíduos venham a adquirir.

De maneira resumida, a fisioterapia ajuda a preservar, manter e desenvolver a integração dos órgãos, funções e sistemas do corpo humano.

Isso é feito com base em recursos e conhecimentos próprios da área, trazendo mais qualidade de vida para os pacientes.

É indicada para quem pratica atividades físicas, como aula de pilates clássico e toda e qualquer pessoa que precisa desse tratamento.

A fisioterapia fundamenta suas ações em mecanismos terapêuticos sistematizados, com base em estudos de ciências, tais como:

  • Morfologia;
  • Fisiologia;
  • Patologia;
  • Bioquímica;
  • Biofísica;
  • Biomecânica;
  • Cinesia;
  • Sinergia funcional;
  • Cinesia patológica de órgãos;
  • Sistemas do corpo humano.

Portanto, a principal função da fisioterapia é prevenir doenças, bem como curar e recuperar a saúde dos pacientes. 

O profissional que atua nessa área, isto é, o fisioterapeuta, elege os procedimentos que serão utilizados, com base na elaboração do diagnóstico cinesiológico funcional.

Com isso, identifica a abrangência da disfunção, sendo capaz de acompanhar a resposta terapêutica com os procedimentos indicados, e entre as suas principais funcionalidades existe a cinesioterapia.

Trata-se da terapia por movimentos em que os procedimentos trabalham os músculos e as articulações, bem como ligamentos, tendões e outras estruturas do sistema nervoso central e periférico, recuperando suas funções.

A reeducação postural é um dos princípios dessa funcionalidade, visto que trata deformidades da coluna e problemas de postura, por meio de alongamentos e do fortalecimento muscular.

Um dos tratamentos mais conhecidos da cinesioterapia é o RPG (Reeducação Postural Global). Outra funcionalidade é a Eletroterapia, que faz o uso de recursos de eletricidade para abordagens de estimulação.

A Termoterapia utiliza calor e frio para tratar diversas patologias, enquanto a Fototerapia utiliza aparelhos geradores de luz para outros tratamentos.

Um funcionário de um fabricante de brinco de argola de ouro também pode optar pela Mecanoterapia, um procedimento que utiliza aparelhos mecânicos usados para o fortalecimento e alongamento da musculatura, reeducando movimentos comprometidos.

Já a Hidroterapia é um tratamento feito na água, e a Crioterapia utiliza gelo como procedimento terapêutico em situações como contusões e torções musculares.

Por fim, outra opção é a Equoterapia, um tratamento com auxílio de um cavalo, que influencia o paciente a reagir aos movimentos, enquanto o terapeuta determina o percurso.

Além desses tratamentos, a fisioterapia também tem a função de auxiliar no tratamento de dor de cabeça, que é o principal tópico deste conteúdo.

A fisioterapia no tratamento de dores de cabeça

Nós vimos que essa área utiliza aparelho de choque para fisioterapia para alguns tratamentos, mas também se faz presente e necessária na vida de pessoas que sofrem com dores de cabeça.

A fisioterapia na Cefaleia Tensional (CT) inibe o ciclo de impulsos neurais, responsáveis pela concentração involuntária de fibra muscular.

Esse tipo de dor de cabeça também pode ser gerado devido à má postura, movimentos repetitivos, alterações na ATM, problemas cervicais, mudanças no padrão respiratório, atividade física com carga inadequada, distúrbios psicossomáticos, dentre outros.

O objetivo da fisioterapia nesses casos é interromper a ativação do impulso neuromuscular, que causa dor e espasmos musculares local.

Assim como outros tratamentos utilizam recursos como andador com rodas para idoso, o tratamento para dor de cabeça se faz por meio de eletrotermofototerapia, acupuntura, estabilização segmentar cervical e outras alternativas, que podem ser:

  • Controle motor da região escápulo torácica;
  • Exercícios locais;
  • Exercícios globais;
  • Trabalho postural global.

O trabalho da fisioterapia com a enxaqueca é diminuir as causas e consequências que prejudicam a execução de atividades do cotidiano, como exercícios físicos, trabalho, tarefas domésticas, sono, desempenho geral e sociabilidade.

O tratamento tem como objetivo diminuir a incidência de dor, permitindo que o paciente volte a frequentar uma academia de ginastica ou praticar quaisquer outras atividades.

Ele também minimiza complicações associadas, como a ansiedade, estresse, depressão, tontura, vômitos, distúrbios visuais, alterações musculoesqueléticas e intestinais, problemas de postura, etc.

O protocolo desse tratamento varia de acordo com a frequência da dor de cabeça, o tratamento clínico e o medicamento que será usado como acompanhamento.

Dentre as condutas terapêuticas usadas há a eletroterapia analgésica, terapia manual, controle motor, técnicas posturais e exercícios terapêuticos.

O objetivo final de adotar a fisioterapia no tratamento de dores de cabeça é reduzir a frequência e a intensidade da dor.

Além disso, fisioterapia na Cefaleia Tensional ainda ajuda a identificar disfunções do músculo e do esqueleto que colaboram para o surgimento da dor.

O paciente consegue fazer uma boa gestão da enxaqueca no dia a dia, o que traz alívio em muitos dos casos.

Esse tratamento também é feito para desenvolver e personalizar um programa de exercícios, de acordo com a necessidade do paciente, além de melhorar a tolerância dela para a execução de atividades diárias, tanto no trabalho quanto em casa.

Benefícios dos tratamentos fisioterápico

A fisioterapia traz muitos benefícios para a vida das pessoas, não apenas no alívio das dores de cabeça, mas também de um modo geral.

É por isso que até mesmo as empresas, como um fabricante de lencol de papel para maca 50×50, pode investir nesse tratamento para os colaboradores.

Por meio dele, é possível ter auxílio para um treino físico adequado. Ou seja, quem pretende praticar alguma atividade física, deve procurar um fisioterapeuta com precedência.

É com isso que a prática é feita de maneira correta, adequada e sensata, sem forçar nenhuma parte da musculatura.

Também é uma forma de evitar danos que podem ser irreversíveis, e evitar incômodos e dores provocados pelos exercícios físicos.

Assim como melhora a dor de cabeça, a fisioterapia ajuda na qualidade do sono. A insônia é caracterizada pela dificuldade do indivíduo em adormecer, e pode ser provocada por vários motivos, como bruxismo, problemas de respiração, entre outros.

O tratamento fisioterapêutico trata essas causas e assegura uma melhor qualidade do sono, visto que ele age no corpo, mente e organismo.

As doenças respiratórias também podem ser aliviadas com a fisioterapia, pois seus processos aperfeiçoam o transporte de oxigênio. Dentre as doenças mais comuns que são melhoradas com esses tratamentos estão a bronquite e a asma.

Da mesma maneira, problemas urinários, como a incontinência, podem melhorar, e eles costumam acometer homens e mulheres em diferentes faixas etárias.

O paciente pode optar pela aula de pilates e, junto com ela, fazer um tratamento simples, conhecido como fisioterapia uroginecológica.

O profissional especializado nessa área trata vários tipos de distúrbios perineais e auxilia tanto homens quanto mulheres.

Por fim, o tratamento fisioterapêutico ajuda na prevenção de doenças crônicas, como a própria enxaqueca que mencionamos aqui, assim como a obesidade, o diabetes, a hipertensão e até o câncer.

Tudo isso se deve ao fato de que o tratamento causa impactos positivos em todo o organismo e na mente dos pacientes. Como destaque nesse sentido, existe a área cardiopulmonar, com exercícios específicos para a manutenção da saúde.

Conclusão

As pessoas vêm buscando diferentes opções para cuidar melhor da saúde, como no caso de uma dieta casal. Dentre os recursos mais procurados está a fisioterapia, que como vimos, é essencial para complementar o tratamento de várias doenças.

Uma delas é a dor de cabeça, que atrapalha a vida de tantas pessoas. Em alguns casos, ela é tão grave que dura dias e impede que a pessoa realize tarefas básicas do dia a dia.

A fisioterapia também ajuda a aliviar os problemas causados pela dor de cabeça persistente, permitindo que o paciente viva uma vida mais saudável e feliz.

Neste artigo, você entendeu de que forma essa ciência traz o alívio necessário para esse mal chamado enxaqueca, e já conhece mais uma opção de tratamento para tratá-la.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Escreva um Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Quais melhores massagens eróticas para apimentar a relação

Não há quem não goste de uma boa massagem para relaxar e se desligar dos problemas do dia a dia. Mas você já experimentou …

5 dicas de como fidelizar seus pacientes de fisioterapia

Um dos principais processos que uma clínica de fisioterapia pode passar é o de fidelizar pacientes. Embora a maioria das …

Saúde: confira porque alimentação e atividade física se complementam

Alimentar-se de forma saudável e cuidar da própria saúde são atitudes que qualquer ser humano precisa ter para que tenha …