Blog

Leia nossos artigos. Melhore o seu estilo de vida agora!

Escoliose o que é e como tratar?

A escoliose se caracteriza por uma curvatura “anormal” no sentido lateral da coluna vertebral, podendo ser em C (quando ha apenas uma curva) ou em S (quando ha 2 curvas). É facilmente detectável quando analisamos a pessoa olhando pelas costas ou pela frente, principalmente quando é solicitado a flexão de tronco (mãos tocando os dedos dos pés) e aparece um desnível no dorso apontando a parte convexa da curva, chamada de Giba ou Gibosidade.

Curvaturas 

Existem outras curvaturas que são “normais” e importantes no complexo vertebral mas estas se orientam no sentido antero-posterior, isto é, aquelas que vemos quando a pessoa esta de lado. São elas a lordose lombar, a cifose torácica e a lordose cervical.

Motivo da Escliose

Voltando a escoliose é importante saber, entre outras coisas, sua origem, ou seja, o motivo que ocasionou essa curvatura a aparecer. Temos 3 motivos principais: Congênito (nascença), neuromuscular (causado por alguma doença, por exemplo a poliomielite) ou as chamadas idiopáticas (sem causas aparentes), sendo estas últimas responsáveis por mais da metade dos casos.

Em se tratando de escoliose idiopática, podemos entender ao menos 2 complicações que, ao meu ver, são as mais importantes.

Orientações

Uma é a falta de orientação e prevenção em crianças durante a fase do segundo estirão do crescimento. Nessa fase as crianças são submetidas a grandes mudanças de origem hormonal e com isso a estrutura muscular, ligamentar não acompanha em termos de estabilização o crescimento ósseo agudo. Esse fator faz com que o índice de escolioses em adolescentes dos 14 aos 17 anos seja incrivelmente alto, o que poderia ser evitado ou minimizado pelo acompanhamento de fisioterapeutas.

Posturas e Correções

Uma segunda forma de escoliose idiopática é a postural, sendo essa a de solução mais simples porém, a de maior participação do paciente, pois as orientações dadas pelo fisioterapeuta devem ser seguidas em casa e no trabalho a risca, por um período de no mínimo 6 meses. Sendo assim, o numero de desistência é alto o que acaba por enfraquecer a percepção geral dos resultados obtidos. O trabalhando se baseia principalmente na estabilização de músculos fracos e alongamento de músculos encurtados.

Espero ter ajudado com alguma dúvida e qualquer coisa comentem que respondo assim que possivel!!

Grande abraço

Saiba mais no vídeo abaixo :

Escreva um Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

0osteopatia 7 003

Saiba a diferença entre Osteopatia e Quiropraxia

Ola pessoal, sejam bem vindo ao meu site! O objetivo deste é informar sobre as principais dúvidas que aparecem em consultório …

Imagen Fred

Problemas relacionados ao esporte? Entenda porque e como prevenir.

O que você vai encontrar :1 Esportes que dão mais problemas de dores e lesões no brasil?1.1 Qual o fator mais importante …

Gustavo Nardi Packshot 3D Gelol

Gelol, para que serve? Quando usar?

O que você vai encontrar :1 Olá pessoal!1.1 Composição1.2 Prós e Contras1.3 Boa semana a todos!1.3.1 Para saber …