Tag Archives: dores de coluna

Hernia de disco

Hérnia de disco e a Ostepatia

Ha algum tempo venho falando sobre o grande leque de possibilidades que a Osteopatia e a Quiropraxia abrangem, demonstrando que em se tratando principalmente de coluna e dores, não há hoje melhor opção para o tratamento não invasivo, isto é, não cirúrgico.

O disco intervertebral é uma estrutura localizada nos espaços entre cada uma das vértebras da coluna, e tem a função de amortecer e dar flexibilidade a coluna. Os casos de hérnia de disco pode ocorrer por vários motivos sendo o excesso de peso ou postura corporal é desleixada os principais.

Para a osteopatia dois passos são fundamentais nesse processo, que são: 1) Remover os bloqueios que fixam o disco herniado, isto é, encontrar locais que não permitem esse disco voltar ao seu estado normal, assim depois deve ser realizado uma trabalho postural a fim de corrigir o centro de gravidade para a posição ideal, utilizando para isoo o Pilates e o RPG.

Todos os comprometimentos que afetam a coluna devem ser tratados com prioridade, pois é lá que se encontram as informações e comandos que percorrem o corpo, além de ser o ponto de partida para toda a informação que rege o organismo.


Escoliose – osteopatia, quiropraxia e acupuntura

Olá pessoal, hoje o assunto é escoliose. A coluna vertebral apresenta um padrão reto quando vista de frente, mas de lado é possível observar duas curvas naturais: para trás na área do tórax é chamada cifose, e para frente na área da lombar é denominada lordose. Mesmo com as curvas, quando observado por cima as vértebras precisam estar alinhadas umas com as outras.
No entanto, a alteração deste alinhamento olhando de frente com curvatura maior do que 10° é chamada Escoliose. Na verdade, a escoliose não é apenas uma curva mas sim uma curva para um lado associado a uma rotação das vértebras para o lado oposto, o que pode determinar, além de rotação da coluna, deformidades das costelas, tórax, cintura escapular e pelve.
A escoliose é uma condição com influência genética comprovada, que pode aparecer em mais de um membro da mesma família, na mesma ou em diferentes gerações. Não é causada por qualquer coisa que os pais ou os filhos tenham feito ou deixado de fazer. Também não é causada por má postura ou por carregar peso nas costas. A escoliose é uma doença da coluna, que geralmente aparece durante a adolescência, mas também pode acontecer em outras épocas da vida.
Uma jeito fácil de detectar a presença de escoliose no corpo das crianças, é pedir para abaixar-se para frente com as pernas esticadas. Isso mostra um lado mais alto do que o outro chamamos isso de Giba. As curvas aumentam nos estirões de crescimento da criança, por isso geralmente o diagnóstico das meninas e feito antes ao dos meninos, pois as meninas entram na puberdade mais cedo.
Atualmente não existem medicamentos para tratamento das escolioses, nem suas causas são evitáveis. Quando a escoliose é percebida, estes devem ser encaminhados para um especialista em posturologia, como RPG, Osteopatia, quiropraxia, ou até mesmo incluir o uso de órteses (coletes externos) corretivos, para evitar a progressão até formas mais graves, ou ainda se necessário, realizar a correção cirúrgica.


Espondilolistese

espondilolistese (1)

Ola pessoal, hoje um novo assunto bem comum entre as causas de dores na coluna lombar principalmente. É a espondilolistese.

O nome vem do grego Espondilo (vértebra) listese (escorregamento), portanto se trata de um deslizamento, escorregamento de uma vértebra sobre outra. Isso pode gerar muito incômodo e dores localizadas ou irradiadas, dependendo de onde ocorre a listese. Sendo este mais comumente localizado na coluna lombar. Entre outros fatores que contribuem para o maior acometimento da coluna lombar, o fato de ocorrer nesse segmento a curvatura lordotica, que naturalmente projeta o corpo vertebral anteriormente.

A espondilolistese pode ser classificada em até 5 graus, dependendo da intensidade do escorregamento, sendo que a primeira indica apenas uma leve anteriorização de um corpo vertebral sobre outro e a ultima uma ptose, isto é, uma luxação de uma vertebra sobre a outra, o que poderia acarretar inclusive a paraplegia.

A espondilolistese pode ser de origem displasica (defeito de formação); ístmica (defeito vertebral por estresse mecânico); degenerativa (causada pela adaptação mecânica ao processo de envelhecimento); traumática (causada por quedas ou traumas); ou patológicas (tumores).

As mais comuns são as ístmicas e as degenerativas, sendo que essas últimas as que mais aparecem no consultório.

No tratamento deve ser considerado que até o grau 2 de escorregamento o prognóstico é muito bom, sendo que os sintomas de paresia e parestesia ainda se apresentam em grau leve e a dor pode ser eliminada após algumas sessões de osteopatia associada ao RPG.

O fortalecimento da região do CORE aumenta a resistência às oscilações vertebrais o que ajuda a “firmar” a vértebra em uma posição de maior estabilidade, mais difícil de se movimentar mediante solicitações ambientais.

O tratamento cirúrgico deve ser solicitado quando os sintomas não cessam ou quando o grau de escorregamento é superior à 4. Nesse caso faz-se uma fixação das vertebras conhecido como artrodese e a mobilidade é reduzida drasticamente, comprometendo a qualidade de vida do paciente. Portanto, é necessáro que aja consciencia antes de encarar uma cirurgia desse porte e a fisioterapia tem o papel fundamental de prorrogar o quanto puder essa opção de risco.

Espero ter ajudado em algum esclarecimento e qualquer duvida comentem!!

Abraço


Hernia de disco

th

Para entender melhor o que é hernia de disco, primeiramente é necessário que aja clareza com relação ao que é e para que serve o disco intervertebral.

O disco intervertebral como o próprio nome refere, fica localizado entre as vértebras da coluna, desde a cervical até a lombar. É formado por um anel fibroso externamente, que serve para proteção do núcleo pulposo centro.

A herniação deste disco, ou seja, a projeção de parte desse disco para fora de seu local de atuação caracteriza-se a hernia. Esta pode ser apenas um abaulamento da parte fibrosa do disco, o que não gera mais que um leve desconforto local. Mas ha casos em que ocorre o que chamamos de uma hérnia estrusa. Esta consiste no fato do núcleo pulposo ser projetado para fora da área entre as vértebras, pressionando a raiz dos nervos ou a medula. Nesses casos os sintomas são de dor intensa, normalmente com irradiada para outras áreas como o ciático e os braços.

O tratamento com fisioterapia tradicional e medicamentos normalmente não consegue muitos resultados devido ao fato de agir apenas nos sintomas e não na causa da dor.

A cirurgia pode ser uma opção em casos mais extremos, porém não é garantia que esta opção seja bem sucedida e o preço do pós operatório pode gerar diversas outras complicações.

A forma mais eficaz de tratamento para hernia de disco atualmente é o trabalho conjunto da osteopatia com a maca de flexo distração. Estas atuam de forma a eliminar as pressões que agem sobre o disco herniado, retomando gradativamente os movimento naturais da coluna, o que direciona o disco para sua posição original, eliminando assim a causa dos sintomas.

Os resultados são positivos já a partir da terceira sessão e o tratamento leva cerca de 2 meses.

Para saber mais comentem o post e entrem em contato pelo facebook em Frederico Fisioterapia.

 


Homenagem ao dia do Acupunturista

acupuntura

 

A acupuntura é uma técnica derivada da Medicina Tradicional Chinesa (MTC). Por ser uma forma de medicina é usada no tratamento de todo tipo de enfermidades que existem, assim como a medicina tradicional. Porém, a forma de enxergar a origem e a dinâmica dos problemas é completamente diferente.

Enquanto a medicina tradicional interpreta os sistemas como especialidades separadas, a MTC entende o corpo de forma holística, ou seja, integrada.

Nascida na China ha mais de 3 mil anos, a MTC usa como método de tratamento a busca do equilíbrio energético dos diversos sistemas corporais, através da regulação de suas funções autônomas. Isto é, quando um órgão ou qualquer outra estrutura do corpo humano esta em desequilíbrio, seja por excesso ou falta de aporte energético/sanguíneo a acupuntura visa restabelecer essa função, estimulando as regiões que estão em deficiência e dispersando as regiões que estão em excesso.

Para tanto, os principais fatores determinantes para os desequilíbrio são, principalmente, os fatores emocionais e climáticos. Sendo os primeiros os que nos atacam de dentro para fora e os segundos de fora para dentro.

Para ambos os fatores de agrassão é necessário proteção.

No caso emocional, precisamos contar com um bom metabolizador de emoções, que é o nosso coração, assim como uma forma saudável de expressar as emoções, não as guardando e nem expondo-as de forma impensada.

No caso dos clima é preciso se proteger dos excessos, evitando que esse sistema ultrapasse a proteção externa do corpo (pele) e invada o sistema ocasionando diversos problemas. O vento é o principal agressor, mas também o calor, o frio, a secura e o excesso de umidade podem gerar problemas em nossas funções corporais.

Espero ter esclarecido algo relacionado a acupuntura e qualquer duvida postem comentários.

Bom dia para todos os profissionais e pacientes dessa técnica incrível que é a acupuntura!!


Osteofitos ou bicos de papagaio. O que são e o que fazer para não sofrer com eles?

osteofitos

Ola pessoal!!

Hoje vou falar um pouco sobre osteófitos, mais conhecidos como bicos de papagaio.

Os osteófitos são formações causada pelo crescimento anormal dos ossos, normalmente próximos a articulações. Estão dispostos em formato de gancho ou agulha, e provocam lesões as estruturas que o margeiam, e consequentemente levando a dores.

O crescimento anormal dessas espículas ósseas são causadas por aumento do estresse mecânico na região, isto é, de acordo com o aumento do uso ou do peso o corpo “entende” que o aumento de atividade deve reforçado com mais células ósseas, o que gera um acúmulo anormal e é esse o processo de formação dos osteófitos.

Ha outra forma de aparecimento de osteófitos que é quando ocorre desgaste de uma articulação, ou seja, a osteoatrose. Nesses casos, a deformação da face articular em detrimento das forças envolvidas no contato ósseo constante, sem a proteção de cartilagem, também gera osteófitos.

Infelizmente esse é um processo irreversível. Porém é possível interromper seu aumento e também é possível desenvolver técnicas de alinhamento postural que eliminam as dores causadas por essas espículas ósseas anormais.

Usa-se para tanto as liberações  iofasciais, quiropraxia, osteopatia, RPG e a maca de flexo distração para retirar a pressão sobre as vértebras afetadas por essa anomalia.

Espero ter sido claro nesse artigo sucinto mas qualquer coisa entrem em contato pelos comentários ou pelo facebook.

Grande abraço a todos!


Quiropraxia é bom para hérnia de disco?

A hérnia de disco ocorre quando o disco intervertebral se “desloca” em direção a medula ou mesmo o recesso lateral, onde passa as raízes nervosas que vão compor os nervos das extremidades do corpo, vísceras e nervos sensitivos que nos faz o sentir na pele.

 

  A faixa etária dos acometidos é entre 35-55 anos. Os sintomas são bem específicos e em muitos casos visíveis. Se a pessoa estiver com uma inclinação para frente e lateral (posição antálgica), estiver com dificuldade para realizar a marchar (andar claudicante) e com uma dor intensa no local (coluna Lombar especialmente) as chances de ser uma hérnia de disco são grandes. Porém outros sintomas são relevantes para o diagnóstico preciso, como por exemplo: dores que irradiam entre a coluna lombar até os pés (geralmente em um pé), formigamento na perna sem causa aparente, fraqueza nas pernas e em alguns casos o paciente fica acamado obrigatoriamente.

   A grande maioria das pessoas que vem aqui com o diagnóstico de Hérnia de Disco já se preocupam com uma possível cirurgia, primeiramente a condição que leva a cirurgia são na realidade duas: Trauma gravíssimo na coluna lombar e Síndrome da Cauda-Equina, são não houver essas condições confirmadas, sempre é importante considerar o tratamento conservador como a Quiropraxia.

Todo bom tratamento de Quiropraxia tem que ser composto de objetivos bem delineados e factíveis para alcançar o resultado desejado.

1 – Eliminar qualquer sintoma neurológico com irradiação para membros inferiores (Fraqueza, formigamento, adormecimento) – quer dizer que o nervo está novamente com sua passagem pelo forame intervertebral preservado ou mesmo a medula espinhal pela sua passa na coluna vertebral.

2 – Eliminar qualquer dor local decorrente a mudança funcional e estrutural da coluna. (Subluxação, encurtamento muscular e outros) – A maioria dos casos de Hérnia de Disco ocorre por mau cuidado em relação postura e a utilização da mecânica do corpo humano obviamente inclui a coluna vertebral. Portanto a correção funcional e mecânica é necessária.

3- Estabilização muscular e articular da região acometida –  (Fortalecimento e Propriocepção) – O fato de retirar as imperfeições mecânicas não quer dizer que está totalmente reabilitado pela Quiropraxia, é necessário fortalecer três grupos musculares: Os paravertebrais lombar, abdômen e glúteos com rotadores do Quadril. Assim teremos uma melhor tonificação muscular e isso consequentemente gera a estabilidade para utilização posterior da coluna lombar.

Temos que considerar as variantes de cada paciente, porem o tratamento para hérnia de disco na Quiropraxia (e seus benefícios) deve conter os 3 pontos de objetivos.

Em relação ao protocolo aplicado para correção, na Quiropraxia existe vários como protocolo de Cox, Mckenzie entre outros. Somente um Quiropraxista associado a ABQ (associação Brasileira de Quiropraxia) pode decidir o melhor caminho com segurança.

Todo bom tratamento de Quiropraxia tem que ser composto de objetivos bem delineados e factíveis para alcançar o resultado desejado.

1 – Eliminar qualquer sintoma neurológico com irradiação para membros inferiores (Fraqueza, formigamento, adormecimento) – quer dizer que o nervo está novamente com sua passagem pelo forame intervertebral preservado ou mesmo a medula espinhal pela sua passa na coluna vertebral.

2 – Eliminar qualquer dor local decorrente a mudança funcional e estrutural da coluna. (Subluxação, encurtamento muscular e outros) – A maioria dos casos de Hérnia de Disco ocorre por mau cuidade em relação postura e a utilização da mecânica do corpo humano obviamente inclui a coluna vertebral. Portanto a correção funcional e mecânica é necessária.

3- Estabilização muscular e articular da região acometida –  (Fortalecimento e Propriocepção) – O fato de retirar as imperfeições mecânicas não quer dizer que está totalmente reabilitado pela Quiropraxia, é necessário fortalecer três grupos musculares: Os paravertebrais lombar, abdomen e glúteos com rotadores do Quadril. Assim teremos uma melhor tonificação muscular e isso consequentemente gera a estabilidade para utilização posterior da coluna lombar.

Temos que considerar as variantes de cada paciente, porem o tratamento para hérnia de disco na Quiropraxia deve conter os 3 pontos de objetivos..

Devemos lembrar que levou tempo para o corpo atingir certo grau de degeneração, então é normal e compreensivo esperar um determinado tempo para sua recuperação.

Removendo-se a subluxação articular e devolvendo o bom funcionamento e uma congruência ideal para articulação, há um alívio dos sintomas e remissão da dor.

Procure um quiropraxista e viva bem e com plenitude…


Para que serve a quiropraxia? Dores de coluna

Essa matéria mostra quais são as indicações, sinais e sintomas que a quiropraxia pode ajudar a resolver. Casos como dores de coluna, dores na região cervical, torácica, lombar, ciático, entre outras são as principais indicações para essa técnica da fisioterapia.


quiropraxia

O que é Quiropraxia?

Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), a Quiropraxia é uma profissão da saúde que lida com o diagnostico, tratamento e a prevenção das desordens do sistema neuro-músculo-esquelético e dos efeitos destas desordens na saúde em geral. Há uma ênfase em técnicas manuais, incluindo o ajuste e/ou a manipulação articular, com um enfoque particular nas subluxações.

Os conceitos e os princípios que distinguem e diferenciam a filosofia da Quiropraxia de outras técnicas da fisioterapia são de grande importância para os quiropraxistas e influenciam profundamente a atitude e a abordagem destes em relação à atenção à saúde.

A relação entre a estrutura, particularmente a coluna vertebral e a função do sistema músculo-esquelético especialmente coordenadas pelo sistema nervoso, constitui a essência da Quiropraxia e o seu enfoque para a restauração e preservação da saúde.

O exercício da Quiropraxia enfatiza o tratamento conservador do sistema neuro-músculo-esquelético, sem o uso de medicamentos e procedimentos cirúrgicos. Causas e conseqüências biopsicossociais também são fatores significativos na abordagem do paciente.