Tag Archives: ciatalgia

Dor ciática ou dor no ciático? Causas, sintomas e tratamento

O que é do ciática? Como acontece? Como prevenir?

Dor ciática ou “dor no ciático” é uma condição dolorosa que afeta grande parte da população mundial, sendo altamente incapacitante. A dor é relatada como um “choque” que percorre a perna, do glúteo podendo chegar até o pé na parte de posterior (atrás) das pernas.

A ciatalgia, como é formalmente conhecida, não é uma doença, mas sim um sintoma que pode vir acompanhada de formigamentos, e diminuição de força e coordenação motora no membro afetado.

Para que o nervo doa é necessário que aja alguma força ou pressão o comprimindo, isto é, o nervo não se inflama do nada, sempre há algo por traz dessa inflamação e portanto deve ser tratada a sua causa e não apenas a dor.

Existem duas maneiras de compressão do nervo ciático, são elas:

1-      Compressão da raiz nervosa: esse tipo de pressão ocorre na raiz do nervo, assim que ele sai da coluna e pode ser causado ou por hérnia de disco, espondiloartrose, espondilolistese, espondilólise, osteófitos (bicos de papagaio), tumores, fraturas, desidratação discal ou diminuição do espaço intervertebral.

 

2-      Compressão no trajeto do nervo: Após sair da coluna o nervo passa por um trajeto sinuoso, próximo a articulações, ossos e músculos. Em qualquer ponto desse trajeto ele pode ser “incomodado”. As causas mais comuns pra disparar esse “incomodo” são: Espasmos musculares, principalmente do musculo piriforme, posições viciosas no trabalho ou em exercícios e bloqueios articulares, que são tratados com quiropraxia ou osteopatia.

Todos podemos estar sujeitos a ter uma dor ciática em algum momento de nossas vidas. Os fatores de risco que aumentam essa probabilidade são, idade avançada, sobrepeso/obesidade, jornadas de trabalhos desgastantes, exercícios feitos em excesso (overtrainning), e sedentarismo.

No tratamento deve ser levado em conta, primeiramente, a desinflamação do nervo, usando para tanto medicamentos associados a fisioterapia anti-inflamatória. Após passada a inflamação inicial deve ser avaliado qual fator desencadeou essa compressão e nesse caso os exames de imagens são importantes ferramentas esclarecedoras e munidos disso a osteopatia, ou a quiropraxia são altamente resolutivas em poucas sessões.

A fisioterapia ortopédica é uma área em franco crescimento na cidade de Franca, surgem a cada dia novos estudos e técnicas eficazes no tratamento de diversas patologias como a osteopatia, a quiropraxia, a acupuntura, antes só resolvidas por meio de cirurgias, evitando assim o aumento do custo com saúde e ao mesmo tempo diminuindo o tempo de coalescência dos pacientes.


Médicos que não sabem prescrever

Ridículo comportamento de um profissional médico prescrição médica errada. Tratamento fisioterapia

Venho aqui através desse post mostrar minha indignação com um tipo de procedimento muito comum em consultórios. A interferência irresponsável e indevida de médicos na área da fisioterapia.

Assim como os fisioterapeutas não tem competência nem o conhecimento necessário para medicar ou realizar cirurgias os médicos, por sua vez, não possuem formação e nem perícia para propor tratamentos fisioterapêuticos como se fosse tudo igual para todos os pacientes.

Desconfie desse tipo (foto), pois, se acham que todos os pacientes são iguais, provavelmente é porque para ele não faz diferença entre uma criança ou um idoso ou uma dor lombar causada por tensão a uma hérnia de disco ou artrose.

Temos que dar valor a formação de cada profissional e tirar dos ombros dos médicos o peso de ter que saber de tudo, pois ele não sabe e não tem que saber. É isso que faz com que os plantões estejam tão lotados, os planos de saúde falidos e o SUS em coma.

É extremamente antiético e irresponsável usar um carimbo com procedimento tão vago para um problema que pode ter tantas origens como esse do exemplo.

Infelizmente ao invés de cooperação muitas vezes somos tidos como meros técnicos das vontades. A valorização do bom profissional esta na boa conduta do profissional e não alienação a esse tipo de comportamento alienado.