Contratura muscular

ifr_hombro_2

Ola pessoal, hoje falarei de um caso muito comum em pessoas que praticam esportes, é a contratura muscular.

Normalmente originaria de lesões traumáticas, como futebol, basquete ou academias, a contratura também pode ocorrer por um posicionamento inadequado, quando mantido por longos períodos de tempo, este caso é bastante comum em ambientes de trabalho.

Esta disfunção ocorre por um encurtamento anormal do músculo que não consegue retornar ao seu estado original. O músculo contrai e algumas de suas fibras ficam “presas” quando o movimento volta ao estado normal, ocasionando muitas dores e por vezes aparece um calombo ou caroço no local, clássico indicativo da lesão.

É bastante comum confundir contraturas com espasmos, porem os espasmos são mais comuns em torcicolos e mal jeito ao levantar pesos, facilmente resolvidos com manipulações quiropráticas.

As contraturas, por sua vez, devem ser tratadas com calor, massagens e alongamentos, evitando o a contração e o fortalecimento até que os sintomas tenham desaparecido por completo.

Qualquer duvida entrem em contato pelo blog ou pelo facebook!!

Boa semana a todos!!!


Espondilolistese

espondilolistese (1)

Ola pessoal, hoje um novo assunto bem comum entre as causas de dores na coluna lombar principalmente. É a espondilolistese.

O nome vem do grego Espondilo (vértebra) listese (escorregamento), portanto se trata de um deslizamento, escorregamento de uma vértebra sobre outra. Isso pode gerar muito incômodo e dores localizadas ou irradiadas, dependendo de onde ocorre a listese. Sendo este mais comumente localizado na coluna lombar. Entre outros fatores que contribuem para o maior acometimento da coluna lombar, o fato de ocorrer nesse segmento a curvatura lordotica, que naturalmente projeta o corpo vertebral anteriormente.

A espondilolistese pode ser classificada em até 5 graus, dependendo da intensidade do escorregamento, sendo que a primeira indica apenas uma leve anteriorização de um corpo vertebral sobre outro e a ultima uma ptose, isto é, uma luxação de uma vertebra sobre a outra, o que poderia acarretar inclusive a paraplegia.

A espondilolistese pode ser de origem displasica (defeito de formação); ístmica (defeito vertebral por estresse mecânico); degenerativa (causada pela adaptação mecânica ao processo de envelhecimento); traumática (causada por quedas ou traumas); ou patológicas (tumores).

As mais comuns são as ístmicas e as degenerativas, sendo que essas últimas as que mais aparecem no consultório.

No tratamento deve ser considerado que até o grau 2 de escorregamento o prognóstico é muito bom, sendo que os sintomas de paresia e parestesia ainda se apresentam em grau leve e a dor pode ser eliminada após algumas sessões de osteopatia associada ao RPG.

O fortalecimento da região do CORE aumenta a resistência às oscilações vertebrais o que ajuda a “firmar” a vértebra em uma posição de maior estabilidade, mais difícil de se movimentar mediante solicitações ambientais.

O tratamento cirúrgico deve ser solicitado quando os sintomas não cessam ou quando o grau de escorregamento é superior à 4. Nesse caso faz-se uma fixação das vertebras conhecido como artrodese e a mobilidade é reduzida drasticamente, comprometendo a qualidade de vida do paciente. Portanto, é necessáro que aja consciencia antes de encarar uma cirurgia desse porte e a fisioterapia tem o papel fundamental de prorrogar o quanto puder essa opção de risco.

Espero ter ajudado em algum esclarecimento e qualquer duvida comentem!!

Abraço


Sinusite – tratamento com acupuntura

moxabustao_01 Sinusitiso-que-e-tratamento

Em tempos de chuva, frio e clima incerto, recebo em meu consultório uma gama maior de pessoas com queixas de problemas respiratórios, entre as maiores queixas esta sem duvida a sinusite.

A sinusite se caracteriza pela inflamação do muco localizado nos seios da face, cavidades encontrada no interior do osso frontal (testa) e nos ossos zigomáticos (maçãs do rosto). O muco tem a característica de se tornarem mais espessos ou mais fluidos a fim de controlar a pressão do nosso crânio em diferentes ambientes onde a pressão pode mudar, como por exemplo, quando descemos ou subimos uma serra ou quando mergulhamos ou andamos de avião.

O muco localizado nos seios da face podem inflamar caso aja alguma infecção viral ou bacteriana, o que acarreta o espessamento anormal dessa substância e consequentemente aumenta a pressão forçando muito as paredes da cavidade, ocasionando dores.

A tarefa de aliviar as dores ocasionadas pelo aumento da pressão pode ser a associação de medicamentos que gerem a vasodilatação dos vasos sanguíneos, facilitando a reabsorção, assim como o uso de moxabustão em bastão sobre o local afetado, diminuindo a viscosidade do muco o que também facilita a reabsorção e o escorrimento.

Muitas das renites mal curadas e o uso exagerado de vasodilatador nasal levam a retenção de muco nos seios da face e consequentemente à sinusite. É importante que as pessoas entendam que para a sinusite o interessante e aliviar a quantidade de muco, por isso o fungar não é bem vindo mas sim assoar o nariz pode aumentar o sucesso do tratamento.


Hernia de disco

th

Para entender melhor o que é hernia de disco, primeiramente é necessário que aja clareza com relação ao que é e para que serve o disco intervertebral.

O disco intervertebral como o próprio nome refere, fica localizado entre as vértebras da coluna, desde a cervical até a lombar. É formado por um anel fibroso externamente, que serve para proteção do núcleo pulposo centro.

A herniação deste disco, ou seja, a projeção de parte desse disco para fora de seu local de atuação caracteriza-se a hernia. Esta pode ser apenas um abaulamento da parte fibrosa do disco, o que não gera mais que um leve desconforto local. Mas ha casos em que ocorre o que chamamos de uma hérnia estrusa. Esta consiste no fato do núcleo pulposo ser projetado para fora da área entre as vértebras, pressionando a raiz dos nervos ou a medula. Nesses casos os sintomas são de dor intensa, normalmente com irradiada para outras áreas como o ciático e os braços.

O tratamento com fisioterapia tradicional e medicamentos normalmente não consegue muitos resultados devido ao fato de agir apenas nos sintomas e não na causa da dor.

A cirurgia pode ser uma opção em casos mais extremos, porém não é garantia que esta opção seja bem sucedida e o preço do pós operatório pode gerar diversas outras complicações.

A forma mais eficaz de tratamento para hernia de disco atualmente é o trabalho conjunto da osteopatia com a maca de flexo distração. Estas atuam de forma a eliminar as pressões que agem sobre o disco herniado, retomando gradativamente os movimento naturais da coluna, o que direciona o disco para sua posição original, eliminando assim a causa dos sintomas.

Os resultados são positivos já a partir da terceira sessão e o tratamento leva cerca de 2 meses.

Para saber mais comentem o post e entrem em contato pelo facebook em Frederico Fisioterapia.

 


Homenagem ao dia do Acupunturista

acupuntura

 

A acupuntura é uma técnica derivada da Medicina Tradicional Chinesa (MTC). Por ser uma forma de medicina é usada no tratamento de todo tipo de enfermidades que existem, assim como a medicina tradicional. Porém, a forma de enxergar a origem e a dinâmica dos problemas é completamente diferente.

Enquanto a medicina tradicional interpreta os sistemas como especialidades separadas, a MTC entende o corpo de forma holística, ou seja, integrada.

Nascida na China ha mais de 3 mil anos, a MTC usa como método de tratamento a busca do equilíbrio energético dos diversos sistemas corporais, através da regulação de suas funções autônomas. Isto é, quando um órgão ou qualquer outra estrutura do corpo humano esta em desequilíbrio, seja por excesso ou falta de aporte energético/sanguíneo a acupuntura visa restabelecer essa função, estimulando as regiões que estão em deficiência e dispersando as regiões que estão em excesso.

Para tanto, os principais fatores determinantes para os desequilíbrio são, principalmente, os fatores emocionais e climáticos. Sendo os primeiros os que nos atacam de dentro para fora e os segundos de fora para dentro.

Para ambos os fatores de agrassão é necessário proteção.

No caso emocional, precisamos contar com um bom metabolizador de emoções, que é o nosso coração, assim como uma forma saudável de expressar as emoções, não as guardando e nem expondo-as de forma impensada.

No caso dos clima é preciso se proteger dos excessos, evitando que esse sistema ultrapasse a proteção externa do corpo (pele) e invada o sistema ocasionando diversos problemas. O vento é o principal agressor, mas também o calor, o frio, a secura e o excesso de umidade podem gerar problemas em nossas funções corporais.

Espero ter esclarecido algo relacionado a acupuntura e qualquer duvida postem comentários.

Bom dia para todos os profissionais e pacientes dessa técnica incrível que é a acupuntura!!


Dor de Cabeça Tensional: causas, sintomas e tratamento

Ola pessoal!

Hoje venho aqui tratar de um assunto cada dia mais comum pra mim no consultório, cefaleia tensional.

A dor de cabeça tensional ou cefaleia tensional difere de outros tipos por se tratar de um caso em que a origem da dor não esta relacionado a nenhum desequilíbrio químico, alimentar, ou sensorial como problemas de visão. A dor de cabeça tensional é causada pelo aumento da tensão dos músculos da região posterior do pescoço (nuca), em resposta a períodos prolongados de estresse físico e/ou emocional.

A região cervical e principalmente a nuca são regiões bastante importante no corpo humano, pois é origem de nervos que tem como destino a região dos braços, face, cabeça e regiões como ouvido. Por essa razão a tensão muscular mantida nessa região pode desencadear dor e disfunção nessas áreas levando a pessoa a ter uma qualidade de vida ruim e gerando outros problemas em sua vida.

Exemplos de fatores que podem desencadear a cefaleia tensional:

-dificuldade de dormir

-excesso de exercícios

-falta de alongamentos

-má postura no dia a dia

-fadiga crônica

-ansiedade constante

-entre outros

A cefaleia tensional é considerada crônica quando sua incidência é superior a 15 dias por mês de dor. Nesse caso, normalmente, os relaxantes musculares já não são suficientes para controlar as crises, sendo assim terapias como a acupuntura associada a osteopatia são altamente indicadas e resolutivas para esses casos. Pois a osteopatia e a quiropraxia usa da liberação muscular e dos pontos de tensão enquanto a acupuntura equilibra o fluxo neuroplasmático que é enviado para o cérebro quebrando o ciclo de dor – tensão, devolvendo a qualidade de vida para a pessoa.

Esse e outros assuntos serão tratados com frequencia nesse blog, portanto acompanhem e deixem seus comentários.

 


Osteofitos ou bicos de papagaio. O que são e o que fazer para não sofrer com eles?

osteofitos

Ola pessoal!!

Hoje vou falar um pouco sobre osteófitos, mais conhecidos como bicos de papagaio.

Os osteófitos são formações causada pelo crescimento anormal dos ossos, normalmente próximos a articulações. Estão dispostos em formato de gancho ou agulha, e provocam lesões as estruturas que o margeiam, e consequentemente levando a dores.

O crescimento anormal dessas espículas ósseas são causadas por aumento do estresse mecânico na região, isto é, de acordo com o aumento do uso ou do peso o corpo “entende” que o aumento de atividade deve reforçado com mais células ósseas, o que gera um acúmulo anormal e é esse o processo de formação dos osteófitos.

Ha outra forma de aparecimento de osteófitos que é quando ocorre desgaste de uma articulação, ou seja, a osteoatrose. Nesses casos, a deformação da face articular em detrimento das forças envolvidas no contato ósseo constante, sem a proteção de cartilagem, também gera osteófitos.

Infelizmente esse é um processo irreversível. Porém é possível interromper seu aumento e também é possível desenvolver técnicas de alinhamento postural que eliminam as dores causadas por essas espículas ósseas anormais.

Usa-se para tanto as liberações  iofasciais, quiropraxia, osteopatia, RPG e a maca de flexo distração para retirar a pressão sobre as vértebras afetadas por essa anomalia.

Espero ter sido claro nesse artigo sucinto mas qualquer coisa entrem em contato pelos comentários ou pelo facebook.

Grande abraço a todos!


Acupuntura e fibromialgia

fibro

Ola pessoal, ai vai mais um post com algumas informações, hoje sobre fibromialgia.

A fibromialgia é uma doença muito frequente porém pouco entendida em sua complexidade.

É caracterizada por ser uma doença auto imune (reumática), que provoca dores generalizadas pelo corpo, normalmente bilaterais (dos dois lados do corpo), periarticulares (próximo de articulações como quadril, ombro, cotovelos e joelhos), fadiga crônica (desânimo e cansaço), e por vezes constipação intestinal.

A incidência observada no Brasil é de 3% da população feminina e 0,5% da população masculina. Por se tratar de uma doença psicossomática, isto é, de origem ou de agravamento emocional, a inatividade e tensão provocada pela dor constante gera mais estresse, que por sua vez provoca mais dor que gera mais estresse e assim inicia-se um ciclo vicioso que se retroalimenta e impede e dificulta a melhora dos sintomas, até que alguma parte dessa corrente seja quebrada.

A melhora da circulação sanguínea provocada por exercícios físicos (principalmente em água quente), e o tratamento energético da acupuntura, que promove a liberação de opióides endógenos na corrente sanguínea são armas poderosas para quebrar o ciclo vicioso da doença, e entrar em um ciclo virtuoso da qualidade de vida e saude.

Se querem saber mais sobre esse ou outros assuntos mandem comentários que logo respoderei.

Obrigado!!

Abraço a todos!!! ;-)

 


Dor lombar nas mulheres e nos homens

A coluna vertebral apresenta curvas fisiológicas que servem para manter a integridade fisiológica, biomecânica e estrutural. Qualquer redução ou aumento destas curvas poderá repercutir na função normal da coluna vertebral, causando desequilíbrios, aumento da pressão e rigidez. Analisando a lordose lombar, esta curva quando equilibrada, o peso corporal será bem distribuído sobre o arco posterior das vértebras e sobre o corpo vertebral.

É bastante comum as mulheres terem uma tendência para uma hiperlordose (aumento da curvatura) lombar e o homem para uma retificação (diminuição da curvatura) da lordose lombar. A consequência disso tudo é que quando estamos diante de uma hiperlordose lombar o peso corporal será mais distribuído sobre o arco posterior, favorecendo o aparecimento de processos degenerativos (artrose) nas articulações apofisárias. Na retificação da lordose lombar, o peso corporal será mais distribuído sobre o corpo vertebral e consequentemente sobre os discos intervertebrais, favorecendo o surgimento das protrusões e extrusões discais (hérnias de disco). Pesquisas apontam uma maior prevalência de lesões discais da coluna lombar entre os homens.

Para cada alteração existem músculos e articulações mais sobrecarregadas, músculos encurtados e articulações comprimidas. Nestes casos, o fisioterapeuta manual realizará uma avaliação minuciosa a fim de se chegar às estruturas que realmente precisam ser ajustadas, tornando os músculos mais flexíveis e as articulações com uma melhor mobilidade.  Este é o papel da fisioterapia manual, equilibrar as estruturas em busca de uma melhor função.

Fonte: PORTAL EDUCAÇÃO
http://www.portaleducacao.com.br/fisioterapia/artigos/48944/retificacao-x-hiperlordose-lombar#ixzz3TN3qZLFi


Escoliose

escoliose

 

A escoliose se caracteriza por uma curvatura “anormal” no sentido lateral da coluna vertebral, podendo ser em C (quando ha apenas uma curva) ou em S (quando ha 2 curvas). É facilmente detectável quando analisamos a pessoa olhando pelas costas ou pela frente, principalmente quando é solicitado a flexão de tronco (mãos tocando os dedos dos pés) e aparece um desnível no dorso apontando a parte convexa da curva, chamada de Giba ou Gibosidade.

Existem outras curvaturas que são “normais” e importantes no complexo vertebral mas estas se orientam no sentido antero-posterior, isto é, aquelas que vemos quando a pessoa esta de lado. São elas a lordose lombar, a cifose torácica e a lordose cervical.

Voltando a escoliose é importante saber, entre outras coisas, sua origem, ou seja, o motivo que ocasionou essa curvatura a aparecer. Temos 3 motivos principais: Congênito (nascença), neuromuscular (causado por alguma doença, por exemplo a poliomielite) ou as chamadas idiopáticas (sem causas aparentes), sendo estas últimas responsáveis por mais da metade dos casos.

Em se tratando de escoliose idiopática, podemos entender ao menos 2 complicações que, ao meu ver, são as mais importantes.

Uma é a falta de orientação e prevenção em crianças durante a fase do segundo estirão do crescimento. Nessa fase as crianças são submetidas a grandes mudanças de origem hormonal e com isso a estrutura muscular, ligamentar não acompanha em termos de estabilização o crescimento ósseo agudo. Esse fator faz com que o índice de escolioses em adolescentes dos 14 aos 17 anos seja incrivelmente alto, o que poderia ser evitado ou minimizado pelo acompanhamento de fisioterapeutas.

Uma segunda forma de escoliose idiopática é a postural, sendo essa a de solução mais simples porém, a de maior participação do paciente, pois as orientações dadas pelo fisioterapeuta devem ser seguidas em casa e no trabalho a risca, por um período de no mínimo 6 meses. Sendo assim, o numero de desistência é alto o que acaba por enfraquecer a percepção geral dos resultados obtidos. O trabalhando se baseia principalmente na estabilização de músculos fracos e alongamento de músculos encurtados.

Espero ter ajudado com alguma dúvida e qualquer coisa comentem que respondo assim que possivel!!

Grande abraço