Hérnia de disco, osteopatia e quiropraxia

henia anteshernia depois

Olá pessoal, estou aqui hoje para falar sobre algo que é considerado o mal do século. Hoje em Franca, a cada 10 pacientes com dores relacionados a coluna 7 tem hernia de disco.

O numero de pessoas com hérnia de disco tem aumentado nos últimos anos, e se tornado uma das causas mais comuns de dores e reclamações de inabilidade relacionados a coluna, principalmente lombar e cervical.

A formação da hérnia de disco se da, normalmente, pela somatória de alguns fatores, como má postura no dia a dia, seja para posicionar-se no trabalho, movimentos forçados como abaixar se curvando para pegar objetos no chão ou até mesmo pelo modo de se sentar na cadeira do tabalho, no carro ou no sofá de casa. O certo é que os acometimentos mais graves e agudos se dão em movimentos combinados de flexão de tronco com rotações.

É importante salientar que sobrepeso pode ser um complicador, mas não é sempre um fator determinante para acometimentos com hérnias de disco. Ha diversos casos de pacientes com herniações importantes mesmo dentro da faixa de peso considerada normal.

A osteopatia e a quiropraxia tem um papel muito importante nesse tipo de caso, pois atua na causa e não no sintoma da hérnia, promovendo uma descompressão local e evitando muitas vezes a cirurgia, quando o tratamento é levado a sério.

A qualidade de vida é algo que nos dias atuais tem muita importância, pois as possibilidades de vida de alguém com dores crônicas se tornam muito limitadas e frustrantes e trazem outras consequências indesejadas, por isso a prevenção é sempre a forma mais fácil de evitar esse mal. Atividade física associada a uma vida regrada em sono, alimentação e sem substâncias que interfiram no funcionamento normal do corpo são as peças chaves para aumentar a longevidade e aproveitar com mais qualidade a vida.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>